PUBLICIDADE
IPCA
+0,31 Abr.2021
Topo

Governo volta a cobrar PIS/Cofins do diesel amanhã; imposto subirá R$ 0,31

Giulia Fontes e Antonio Temóteo

Do UOL, em São Paulo e Brasília

30/04/2021 15h07

O imposto do diesel nas refinarias deve subir R$ 0,31 por litro com o fim da isenção de PIS/Cofins, no sábado (1º). Os donos de postos devem repassar a alta para o preço do combustível na bomba, segundo o presidente da Fecombustíveis (Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes), Paulo Miranda Soares.

A isenção do PIS/Cofins para o diesel por dois meses começou em 1º de março. Foi anunciada pelo governo como medida para tentar segurar o avanço no preço do combustível e para acalmar as pressões de caminhoneiros, que são base de apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Desde o início do ano, a Petrobras já aumentou o preço do diesel em cerca de 36%. A política de preços da companhia segue os valores internacionais do petróleo, cobrados em dólar.

"Nós [postos] não temos como absorver nenhum tipo de aumento, porque já trabalhamos com margens muito pequenas. Nos últimos dez anos, nossa margem caiu 40%. Já estamos no osso, no limite. Os postos não vão conseguir absorver parte desse aumento. Geralmente, repassamos imediatamente para o consumidor o preço que vem da distribuidora," afirmou Miranda.

Governo não conseguiu segurar preço do diesel

As medidas tomadas pelo governo para tentar segurar o diesel não resultaram em quedas significativas no valor pago pelos motoristas nos postos.

Além do desconto temporário de R$ 0,31 em impostos federais, houve diminuição do percentual de biodiesel na mistura do diesel, que resultou em uma queda de R$ 0,08 por litro, segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

No fim das contas, o preço final do diesel teve redução de apenas R$ 0,03 por litro entre o início de março e a metade de abril.

No começo de março, quando a isenção de PIS/Cofins começou a valar, a média de preço do litro do combustível estava em R$ 4,23. Semanas depois, o preço chegou a subir, atingindo R$ 4,27 por litro. Em abril, com a redução no percentual de biodiesel adicionado ao diesel, o preço foi a R$ 4,18.

O levantamento mais recente da ANP, da semana do dia 18 de abril, aponta para preço médio de R$ 4,20 por litro. Ou seja, só R$ 0,03 a menos do que o preço registrado no início de março.

Petrobras vai reduzir diesel em R$ 0,06 na refinaria

Em meio à dificuldade do governo de controlar o preço do combustível, a Petrobras anunciou nesta sexta-feira (30) reduções de 2,1% no preço do diesel e 1,9% no preço da gasolina.

A partir deste sábado, segundo a companhia, o preço médio do diesel nas refinarias cairá para R$ 2,71, o que equivale a uma queda de R$ 0,06. Já a gasolina cairá R$ 0,05, para R$ 2,59 por litro.

Esses são os preços cobrados nas refinarias. Os postos são livres para aplicar ou não o reajuste, e na porcentagem que desejarem.