PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Hamster 'negocia' criptomoedas em sua gaiola e lucra 30% em 3 meses

O simpático roedor demonstrou ser um excelente investidor - Reprodução/Goxx Capital
O simpático roedor demonstrou ser um excelente investidor Imagem: Reprodução/Goxx Capital

Colaboração para o UOL, em Santos

28/09/2021 12h13Atualizada em 29/09/2021 09h03

Um hamster na Alemanha está quebrando o mito de que apenas aqueles com conhecimento financeiro podem negociar com sucesso no mercado de ações. Nos três meses em que o roedor passou a "atuar" no mercado, seu portfólio de criptomoedas aumentou quase 30% e conseguiu superar o da S&P 500 e Berkshire Hathaway no mesmo período.

Mr. Goxx tem um escritório comercial anexo à sua gaiola normal. Todos os dias, quando ele entra no escritório, uma transmissão ao vivo começa no Twitch, e sua conta no Twitter avisa os seguidores: "Mr. Goxx iniciou uma sessão de negociação".

O dia de treino começa com Mr. Goxx na sua "roda das intenções", que conta com 30 criptomoedas que pretende negociar. Em seguida, ele passa por um dos dois "túneis de decisão" que ativam a compra ou venda da referida criptomoeda.

Gaiola de hamster investidor possui sistema eletrônico que registra suas decisões - Reprodução/Goxx Capital - Reprodução/Goxx Capital
A gaiola de Mr. Goxx possui um sistema eletrônico que transmite suas decisões para um computador
Imagem: Reprodução/Goxx Capital

Cada vez que ele passa por um túnel, um sistema eletrônico conectado à gaiola conclui uma negociação de compra ou venda. O nome do hamster é uma referência a um dos maiores escândalos da história da criptomoeda: a empresa Mt Gox foi, em certo momento, o maior mercado de criptografia do mundo, antes que hackers roubassem centenas de milhares de bitcoins, o que forçou sua falência.

O escritório é totalmente automatizado, usando uma ampla gama de tecnologias, incluindo scripts de software, microcontroladores, computadores de placa única, impressão 3D, corte a laser e muito mais.

As mentes por trás do investidor peludo são dois homens na casa dos 30 anos, que moram na Alemanha e preferem não ter suas identidades reveladas.

"Sentimos que tudo está ficando cada vez mais caro hoje em dia e que é muito difícil economizar dinheiro com aluguéis tão altos a pagar", disseram os parceiros humanos de Mr. Goxx à BBC News.

"Parece que a maioria das pessoas de nossa geração não vê outra chance além de investir grande parte de suas economias no mercado de criptomoedas, sem ter a menor ideia do que está acontecendo lá. Esse experimento começou com uma brincadeira sobre se meu hamster seria capaz de tomar decisões de investimento mais inteligentes do que nós, humanos", explicam eles

Roedor tem portfólio variado

O portfólio de Mr. Goxx, consistindo principalmente por quatro criptoativos - tron, stellar iota e ether -, começou em cerca de US$ 390 (R$ 2.100,00) e seus lucros totais giraram em torno de US$ 90 (R$ 487,00) na tarde de sexta-feira, quase US$ 60 (R$ 325,00) tirados os impostos, de acordo com o site especializado Protos.

A carteira do hamster chegou perto de US$ 580 (R$ 3.142,00) em meados de setembro, mas a queda no preço do bitcoin afetou seus lucros. Recentemente, o hamster se aventurou a comprar ethereum, apesar da queda de preços. A partir de 27 de setembro, o desempenho do roedor resultou numa alta de 19,41% nos investimentos.

Isso supera não apenas o retorno nas principais bolsas de valores, como o FTSE 100 ou Dow Jones, mas também o desempenho de investimentos da empresa de Warren Buffet, a Berkshire Hathaway, de acordo com cálculos publicados no Protos.

A Goxx Capital não é uma empresa de investimento real - e os parceiros humanos de Goxx enfatizam a cada tweet que ela não deve ser tomada como um exemplo de investimento. As negociações aleatórias do roedor, porém, estão recebendo muito interesse das pessoas, tanto online quanto na vida real.

"Desde que meu hamster assumiu o negócio, todos ao meu redor pediram mais informações sobre essa coisa de criptomoedas, disse o tutor de Mr. Goxx à BBC News. "Principalmente pessoas que normalmente fogem se ouvem a palavra 'blockchain'".


PUBLICIDADE