PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Bolsonaro diz que inflação vai cair, enquanto mercado projeta que vai subir

As previsões do Banco Central contrariam a afirmação de Bolsonaro - Anderson Riedel/PR
As previsões do Banco Central contrariam a afirmação de Bolsonaro Imagem: Anderson Riedel/PR

Do UOL, em São Paulo*

18/10/2021 12h56Atualizada em 18/10/2021 14h07

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse hoje que a inflação no Brasil vai começar a cair. A afirmação, no entanto, foi feita sem embasamento e contraria previsões feitas por especialistas.

"Creio que brevemente a inflação começará a diminuir", falou o presidente, sem apresentar nenhuma explicação para a previsão. Para ele, a queda da inflação se daria por meio do estímulo ao agronegócio.

A fala aconteceu durante a cerimônia de lançamento do Jornada das Águas, um programa criado para combater a seca. O evento aconteceu em São Roque de Minas, em Minas Gerais.

De acordo com o Boletim Focus, elaborado pelo Banco Central e divulgado hoje, a estimativa de inflação ao consumidor para 2021 pulou de 8,59% para 8,69%, 28ª semana consecutiva de alta.

Em seu discurso no evento, Bolsonaro também afirmou que o governo federal está "fazendo a sua parte" e ele não vislumbra a possibilidade de desabastecimento no Brasil, mas não especificou do quê. Nos últimos dias, caminhoneiros têm alertado para um possível desabastecimento de diesel, decorrente dos cortes de fornecimento que a Petrobras estaria fazendo.

O próprio chefe do Executivo chegou a alertar por diversas vezes que a falta de fertilizantes no mercado levaria a um desabastecimento no Brasil no ano que vem.

*Com Estadão Conteúdo.

PUBLICIDADE