PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Auxílio emergencial paga até R$ 3.000 a partir de hoje; veja quem recebe

Pais solteiros podem ser compensados em até cinco parcelas do auxílio emergencial - Marcelo Camargo/Agência Brasil
Pais solteiros podem ser compensados em até cinco parcelas do auxílio emergencial Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Do UOL, em Brasília

13/01/2022 16h10

O presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, afirmou que pais solteiros começaram a receber hoje novas parcelas do auxílio emergencial, específicas para famílias monoparentais, ou seja, chefiadas por apenas um adulto.

Nesse caso, o benefício será válido apenas para homens para reparar cinco meses de auxílio emergencial repassados em 2020 exclusivamente a mães solteiras. A Caixa disse já ter pagado o auxílio hoje a 823,4 mil pessoas, com parcelas únicas que variam entre R$ 600 e R$ 3.000.

Pais solteiros que têm direito a um mês do benefício receberão R$ 600, enquanto os chefes de família que nunca resgataram o auxílio devem retirar o valor de R$ 3.000, valor que equivale a cinco meses do programa.

O pagamento dessas cotas adicionais é feito por meio do aplicativo Caixa Tem e não é necessário cadastro. Para verificar a situação do benefício, os usuários podem acessar o site consultaauxilio.cidadania.gov.br.

Quem tem direito?

Como o presidente Jair Bolsonaro (PL) havia vetado o pagamento para pais solteiros em 2020, o Ministério da Cidadania decidiu, no fim de 2021, estender o benefício.

Portanto, agora é possível para homens marcarem a opção de chefe de família no aplicativo Caixa Tem. Para serem elegíveis, eles não podem ter companheira(o) ou cônjuge que já tenha se beneficiado do auxílio emergencial de abril a agosto de 2020 e é preciso ter mais de 18 anos de idade.

Em dezembro, o Ministério da Cidadania tinha expectativa de contemplar, nessa iniciativa, 1,283 milhão de famílias de homens monoparentais com um crédito especial de R$ 2,8 bilhões.

PUBLICIDADE