PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Otimismo e 'teletransporte': relatório aponta 100 tendências para 2022

Reprodução/WT
Imagem: Reprodução/WT

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/01/2022 08h01

Esta é a versão online para a edição desta sexta-feira (21/1) da newsletter Mídia e Marketing. Para assinar esse e outros boletins e recebê-los diretamente no seu email, cadastre-se aqui.

Um olhar mais otimista, com consumidores ajudando marcas a realizar transformações na sociedade. O avanço do tão falado metaverso, com tecnologias que vão ajudar as pessoas a diminuir cada vez mais a barreira geográfica entre elas.

Essas são algumas das tendências que as marcas deverão seguir em 2022, apontadas no relatório "The Future 100", da agência de publicidade global Wunderman Thompson.

O documento aponta dez tendências em dez setores diferentes:

  • marcas e marketing
  • cultura
  • tecnologia e inovação
  • viagem e hospitalidade
  • comida e bebida
  • beleza
  • varejo e comércio
  • luxo
  • saúde
  • trabalho.

"O relatório que mapeia as tendências emergentes e futuras do mundo. Um guia de inspiração e ação para que as marcas possam melhor se conectar com as expectativas das pessoas", diz Stella Pirani, CSO (cargo em inglês para "chefe de estratégia") da Wunderman Thompson Brasil.

A pedido da newsletter UOL Mídia e Marketing, a agência separou cinco dos cem destaques que fazem mais sentido para a realidade do consumidor brasileiro. Leia abaixo.

Otimismo ilimitado

Marcas estão imaginando um 2022 com um olhar mais otimista, encorajando criatividade e alegria. Depois de enfatizar a resiliência e a perseverança, chegou o momento de incentivar as pessoas a pensar no futuro a partir de perspectivas também mais leves, alegres e divertidas.

"Brandalism"

Um movimento está invadindo o espaço publicitário e expondo deslizes de marcas, exigindo correções desses erros. De lutas pelo meio ambiente a protestos políticos contra discriminação e preconceito, as pessoas estão se unindo e ajudando empresas a realizar mudanças e transformações necessárias.

'Teletransporte' virtual

A tecnologia está permitindo a abertura de portas para novos espaços digitais, que oferecem interações mais íntimas e próximas da realidade. Gadgets, como óculos de realidade virtual, estão invadindo os espaços e vão ajudar as pessoas a diminuir cada vez mais as barreiras geográficas entre elas.

Recrutas do metaverso

De designers virtuais a profissionais que trabalham com criatividade, empresas estão contratando mão de obra focada no metaverso. À medida que o assunto cresce, ele se tornará mais relevante economicamente, gerando mais empregos.

Saúde emocional

Zonas de "recarga emocional" estão surgindo em espaços públicos ao redor do mundo, permitindo que a saúde seja foco tanto dentro quanto fora de casa. Museus, escritórios e até praças em diferentes países passaram (e passarão) por adaptações para atender essas necessidades.