PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Peritos do INSS fazem paralisação nacional e reivindicam aumento de 20%

Peritos do INSS fazem paralisação para reivindicar recomposição salarial e melhores condições de trabalho após negociações frustradas com o Ministério do Trabalho - Marcelo Casal Jr/Agência Brasil
Peritos do INSS fazem paralisação para reivindicar recomposição salarial e melhores condições de trabalho após negociações frustradas com o Ministério do Trabalho Imagem: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil

Do UOL, em São Paulo

31/01/2022 11h08Atualizada em 31/01/2022 13h22

Peritos médicos do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) decidiram paralisar suas atividades por 24 horas em todo o Brasil após negociações frustradas com o Ministério do Trabalho. A categoria reivindica aumento de 19,99% e melhores condições de trabalho.

A paralisação de hoje está sendo chamada de "Dia Nacional de Advertência" pela ANMP (Associação Nacional dos Médicos Peritos). Na semana passada, a entidade enviou um ofício ao Ministério do Trabalho e Previdência informando sobre a mobilização.

Em atenção a tais objetivos estatutários e diante do atual quadro caótico que se apresenta à carreira de perito médico federal, a associação tentou, em centenas de ocasiões, instaurar rodadas de negociações com a administração pública federal, todas infrutíferas.
Trecho do ofício enviado ao Ministério do Trabalho pela ANMP

Segundo a ANMP, as reivindicações da categoria são ignoradas, e os peritos médicos sofrem ataques desde setembro de 2020. O UOL procurou o INSS e o Ministério do Trabalho e aguarda manifestação.

Em agosto de 2021, o ministro Onyx Lorenzoni (Trabalho) recebeu a diretoria da ANMP para discutir as demandas. Na ocasião, diz a entidade, ele se comprometeu expressamente a restabelecer o diálogo e a adotar medidas.

"Apesar das promessas feitas pelo Ministro de Estado, nenhuma ação foi tomada pela autoridade máxima do órgão e a situação caótica que assolava a categoria não apenas se manteve, como foi profundamente agravada", afirma trecho do ofício da ANMP.

Mais de 5.000 servidores ativos, aposentados e pensionistas fazem parte da ANMP. Entre as reivindicações dos peritos médicos, estão:

  • Recomposição salarial relativa às perdas inflacionárias de 2019 a 2022 (19,99%);
  • Fim da "teleperícia" (Perícia Médica com Uso de Telemedicina ou Teleavaliação) e de análises documentais como o "DOCMED";
  • Promoção imediata de concurso público para a recomposição dos quadros da Carreira, cuja defasagem chega a 3.000 (três mil) servidores;
  • Fixação do número máximo de 12 atendimentos presenciais como meta diária.

Segurados encontram portões fechados

Sob uma chuva fina, segurados que tinham perícia marcada para hoje encontraram os portões fechados na Praça da Bandeira (RJ), segundo reportagem da TV Globo. No local, apenas um aviso sobre a paralisação estava colado ao posto de atendimento.

À TV Globo, a direção da unidade informou que 210 perícias estavam previstas e precisarão ser reagendadas.

Segurados do INSS ficam sob chuva na Praça da Bandeira (RJ) após paralisação dos peritos - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
Segurados do INSS ficam sob chuva na Praça da Bandeira (RJ) após paralisação dos peritos
Imagem: Reprodução/TV Globo