IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Heineken e Ferrari suspendem negócios na Rússia; veja lista de empresas

A fabricante italiana de automóveis de luxo Ferrari decidiu suspender sua produção para o mercado russo, após a invasão à Ucrânia - Reprodução
A fabricante italiana de automóveis de luxo Ferrari decidiu suspender sua produção para o mercado russo, após a invasão à Ucrânia Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL*

09/03/2022 11h48Atualizada em 10/03/2022 10h37

A debandada de multinacionais da Rússia após o país liderado por Vladimir Putin invadir a Ucrânia continua. Ontem (9), 14º dia de guerra, a cervejaria Heineken e a fabricante de automóveis Ferrari anunciaram a suspensão das atividades em solo russo.

Hoje (10), foi a vez de Nintendo e PlayStation anunciarem a suspensão dos envios de produtos para o país, além da Amazon.

A cervejaria holandesa anunciou que vai interromper a produção e venda da cerveja na Rússia, onde tem 1.800 funcionários, devido à guerra "completamente injustificada" na Ucrânia.

Acompanhe as últimas notícias e análises sobre a guerra na Ucrânia no UOL News:

A fabricante italiana de automóveis de luxo Ferrari decidiu suspender sua produção para o mercado russo, após a invasão à Ucrânia - disse um porta-voz à AFP. A Ferrari não tem fábrica na Rússia, e todos os veículos vendidos nesse mercado são produzidos nas plantas italianas de Maranello e Modena, disse o porta-voz.

Outra gigante a suspender as atividades na Rússia foi a Nestlé. O maior grupo de alimentos do mundo anunciou a suspensão de todos os investimentos de capital no país. O grupo, com sede na Suíça, acrescentou que continuará fornecendo produtos alimentícios essenciais no país.

O fabricante de trens francês Alstom também anunciou hoje a suspensão de suas entregas para a Rússia e de todos os investimentos no país, embora mantenha sua participação na construtora local Transmashholding, cujo valor contábil será reexaminado.

Empresas multinacionais como Apple, McDonald's, Starbucks e Coca-Cola já haviam anunciado a suspensão dos negócios.

Lista de empresas e marcas que já anunciaram suspensão das atividades na Rússia:

  • Amazon
  • Nintendo
  • Playstation
  • Heineken
  • Ferrari
  • Nestlé
  • Alstom
  • Aston Martin
  • JCB
  • Rolls-Royce
  • Victoria's Secret
  • McDonald's
  • Starbucks
  • L'Oréal
  • Coca-Cola
  • Pepsi
  • Apple
  • BMW
  • Boeing
  • BP
  • Daimler Trucks
  • Equinor
  • Ericsson
  • ExxonMobil
  • Ford
  • General Motors
  • Google
  • HSBC
  • Harley-Davidson
  • Jaguar
  • Land Rover
  • Maersk
  • Microsoft
  • Mastercard
  • MSC Cargo
  • Nike
  • Netflix
  • Nokian Tires
  • Sandvik
  • Shell
  • Visa
  • Volvo
  • Warner Bros.
  • Disney
  • Sony
  • Universal Music
  • Samsung
  • H&M
  • Boohoo
  • Burberry

*Com informações da Reuters e AFP