IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

PIS 2023 amanhã: saiba quem recebe o abono salarial nesta segunda-feira

Lula em cerimônia no Palácio do Planalto em março de 2023 - REUTERS/Adriano Machado
Lula em cerimônia no Palácio do Planalto em março de 2023 Imagem: REUTERS/Adriano Machado

Do UOL, em São Paulo

16/04/2023 14h13

O governo federal começa a pagar o abono salarial PIS/Pasep amanhã (17) de quem nasceu em maio e junho, assim como servidores públicos com inscrição finalizada em 2 ou 3. Também receberão neste mês aqueles do terceiro lote extra, composto por pessoas nascidas em janeiro, fevereiro, março ou abril que ainda não haviam recebido o benefício por causa de algumas divergências nos dados.

O abono pode chegar a R$ 1.302, que é o valor do salário mínimo atual, e serão pagas 4,1 milhões de parcelas em abril, totalizando R$ 4 bilhões, contando com os nascidos em maio e junho e os trabalhadores do lote extra. Ao todo, quase 23 milhões de trabalhadores receberão o abono em 2023, e o calendário seguirá até julho, com possibilidade de saque até 28 de dezembro deste ano.

Lembrando que para ter direito ao benefício, o trabalhador precisa ter recebido até dois salários mínimos em média em 2021, ter inscrição no PIS ou Pasep há pelo menos cinco anos, além de ter seus dados informados corretamente pelo empregador ao governo. No caso dos trabalhadores do setor privado, é necessário ter trabalhado com carteira assinada por no mínimo 30 dias em 2021.

Não têm direito ao abono algumas categorias de trabalhadores, como empregados e empregadas domésticas, trabalhadores rurais empregados por pessoa física, trabalhadores urbanos empregados por pessoa física e trabalhadores empregados por pessoa física equiparada à jurídica.

Para consultar o valor do abono, o trabalhador pode utilizar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital, que informa o valor, dia do pagamento e banco. Já os trabalhadores da iniciativa privada podem usar o app Caixa Tem ou ligar para o número 158 para obter mais informações.

O pagamento do PIS na Caixa será feito prioritariamente em conta corrente ou poupança, enquanto os demais receberão pelo Caixa Tem, que permite pagar contas, fazer transferências e até comprar com o cartão de débito virtual. Se preferir, o trabalhador também pode sacar o abono em caixas eletrônicos e lotéricas com o Cartão Social, e o dinheiro estará disponível para resgate até o dia 28 de dezembro.