IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Comércio é o setor que mais investe em publicidade digital, aponta estudo

Getty Images
Imagem: Getty Images

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em Piracicaba (SP)

19/04/2023 15h15

Os setores de comércio, serviços e mídia são os que mais investem em publicidade digital no Brasil, segundo o relatório AdSpend, do IAB Brasil.

O estudo, produzido ao lado da Kantar Ibope Media, aponta que o investimento total em publicidade digital alcançou os R$ 32,4 bilhões no ano passado - alta de 7% se comparado com 2021.

Quais foram os setores que mais investiram?

O setor de comércio foi responsável por 24% do investimento em publicidade digital no ano passado. Nele são incluídos estabelecimentos como mercados, farmácias, lojas de roupas, artigos esportivos e shopping centers, por exemplo

Três categorias representam quase 60% do investimento no setor de comércio: Grandes lojas, com múltiplos departamentos de produtos (42%); Super e hipermercados (8%) e Lojas de Vestuário (7%)

O setor de Serviços, responsável pela fatia de 22% do aporte total em digital, é composto, majoritariamente, por vitrines virtuais (26%), outros serviços ao consumidor (22%), ensino superior e universitário (18%) e serviços de educação complementar (9%)

Completando o top 3, o setor de Mídia e Conteúdo é dividido em três categorias, sendo que Mídia e Conteúdo Digital é responsável por 80% da composição do setor, seguido por Mídia e Conteúdo Eletrônico (TV) com 19% e Mídia e Conteúdo Impresso e outros com 1%

Os setores Financeiro (7%) e Eletrônicos (6%) também se destacaram em participação no investimento total

Quais setores tiveram crescimentos mais expressivos?

Os setores de Beleza e Alimentos apresentaram os crescimentos mais expressivos, de 85% e 83%, respectivamente. Em seguida, figuram os setores de Bebidas (+66%), Farmacêutico (+42%), Vestuário (+39%), Automotivo (+29%), Administração Pública (+18%) e Turismo (+10%).

As categorias que impulsionaram o crescimento do setor de Higiene Pessoal e Beleza foram Desodorantes, Cuidado capilar e Linhas de higiene (campanhas com múltiplas categorias do mesmo setor). Em Alimentos, apresentaram as maiores altas as categorias de linhas alimentares; chocolates; carnes, aves e derivativos; e biscoitos e bolachas.

Crescimento do número de anunciantes

Segundo o estudo, 19 dos 26 setores analisados apresentaram crescimento no número de anunciantes, o que representa oportunidades de prospecção para agências, publishers e plataformas em diversas atividades econômicas.

O setor de Higiene Doméstica foi o que registrou maior crescimento (46%) no número de anunciantes distintos em 2022, na comparação com o ano anterior, seguido dos setores de Brinquedos (+34%), Industrial (+32%), Agropecuária (+31%) e Minas e Energia (+30%).

De acordo com o estudo, os dispositivos móveis aparecem novamente como o foco dos anunciantes. De janeiro a dezembro de 2022, o mobile recebeu 77% do aporte total em publicidade digital, enquanto o desktop ficou com 23% da fatia.

Acredito que o digital tem oferecido oportunidades para empresas e marcas de diferentes setores da economia atingirem públicos mais segmentados e engajados. Por exemplo, o setor de Higiene Pessoal e Beleza registrou uma alta de 85% de investimento no meio em 2022 e foi o que mais cresceu entre os anos de 2021 e 2022
Cris Camargo, CEO do IAB Brasil