Conteúdo publicado há 1 mês

Campos Neto diz que quer deixar juro 'o mais baixo possível' em 2024

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que "as análises econômicas [da situação do Brasil] têm errado muito", em entrevista a Miriam Leitão, do jornal O Globo.

O que aconteceu

'Importante entregar juro o mais baixo possível.' Campos Neto também afirmou que, no próximo ano, vai buscar entregar "inflação na meta".

Campos Neto disse acreditar que "análises econômicas têm errado muito". O presidente do Banco Central afirmou que "é difícil falar em 2024 sem pelo menos colocar em perspectiva que as análises econômicas têm errado muito ultimamente". Como exemplos, citou dados relativos a inflação, emprego, crescimento e crédito.

Perspectiva positiva. Campos Neto, que terá 2024 como seu último ano como presidente do Banco Central, disse que possui uma perspectiva positiva sobre o ano, mas que "tem muita coisa que gostaria de consolidar".

"Aprendo mais nos momentos de pressão." Questionado sobre o atrito entre ele e o governo Lula, Campos Neto afirmou que "aprende mais nos momentos de pressão" e que tem se aproximado cada vez mais do ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes