Bolsas

Câmbio

Mercados asiáticos caem após teste nuclear da Coreia do Norte e dados de inflação na China

XANGAI/TÓQUIO (Reuters) - O mercado acionário chinês fechou em queda nesta sexta-feira (9), após dados da inflação de agosto fornecer pouco ou nenhum incentivo para as autoridades afrouxarem a política monetária, mantendo muitos investidores afastados.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 0,64%. O índice de Xangai caiu 0,55%.

A inflação ao consumidor na China em agosto desacelerou para seu ritmo mais fraco em quase um ano, pressionada pela queda nos custos dos alimentos, apesar de uma moderação encorajadora na deflação dos preços ao produtor ampliar as evidências de que a economia está se estabilizando.

O restante da região ampliou as perdas após a Coreia do Norte realizar seu quinto e mais poderoso teste nuclear nesta sexta-feira, aumentando as tensões geopolíticas na região em um momento em que os investidores estão lutando com a desaceleração do crescimento global.

O teste nuclear da Coreia do Norte foi mais poderoso que a bomba detonada em Hiroshima, com o país dizendo que dominou a habilidade de montar uma ogiva em um míssil balístico. 

  • Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 0,04%, a 16.965 pontos.
  • Em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 0,75%, a 24.099 pontos.
  • Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,55%, a 3.078 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,64%, a 3.318 pontos.
  • Em Seul, o índice Kospi teve desvalorização de 1,25%, a 2.037 pontos.
  • Em Taiwan, o índice Taiex registrou baixa de 1,06%, a 9.164 pontos.
  • Em Cingapura, o índice Straits Times desvalorizou-se 0,73%, a 2.873 pontos.
  • Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 recuou 0,86%, a 5.339 pontos.

(Por Nichola Saminather e Hideyuki Sano)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos