PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

EUA autorizam ajuda de US$ 12 bi a agricultores atingidos por tarifas

Mark Weinraub

24/07/2018 15h22

A administração Donald Trump anunciou nesta terça-feira (24) que garantirá US$ 12 bilhões em programas de assistência para os agricultores norte-americanos para protegê-los das consequências das disputas comerciais entre os Estados Unidos e a China, a União Europeia e outros.

A China impôs tarifas retaliatórias sobre as exportações agrícolas dos EUA, em resposta às taxas impostas por Trump, porque a maior parte dos eleitores nos Estados produtores norte-americanos votou em Trump nas eleições de 2016.

Leia também:

Candidatos republicanos nas eleições do Congresso dos EUA, em novembro, mostraram-se muito preocupados sobre a economia dos Estados que representam.

Trump falou durante meses sobre encontrar maneiras para auxiliar os agricultores, já que a China, especialmente, cancelou compras de soja e outros produtos.

Sonny Perdue, secretário do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês), disse que os programas de ajuda serão financiados pelo Commodity Credit Corporation do USDA e, portanto, não precisam de aprovação do Congresso.

O auxílio deve servir como um impulso temporário para os produtores, enquanto os EUA e a China negociam as questões comerciais.

"Isso é obviamente uma solução de curto prazo que dará tempo para o presidente Donald Trump trabalhar em uma política comercial de longo prazo", disse Perdue.

A disputa entre EUA e a China tem favorecido especialmente o Brasil, que é o maior exportador global de soja.