Topo

Agronegócio


Fundecitrus estima alta de 36% na safra de laranja da principal área do Brasil

2019-05-10T11:52:59

10/05/2019 11h52

SÃO PAULO (Reuters) - A safra da laranja 2019/20 do cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo/Sudoeste Mineiro deve ser de 388,89 milhões de caixas de 40,8 kg, aumento de 36 por cento ante a temporada anterior, de acordo com a primeira estimativa do Fundecitrus para o ciclo, divulgada nesta sexta-feira.

A projeção para a safra deste ano na principal região citrícola do Brasil, o maior exportador global de suco de laranja, indica uma produção 21% superior em relação à média dos últimos dez anos.

"A recuperação da produtividade dos pomares foi desencadeada, principalmente, pelo clima favorável para a floração e pegamento dos frutos, ao contrário do observado na safra passada", disse o Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), em nota.

Em abril, em entrevista à Reuters, o coordenador da pesquisa do Fundecitrus, Vinícius Trombin, havia apontado um aumento da safra, mas sem estimar percentuais.

Ele alertara também para pragas como o bicho furão e a mosca da fruta, que fizeram estragos em 2018, resultando possivelmente em novos prejuízos neste ano.

O leventamento de safra é feito pelo Fundecitrus em cooperação com a Markestrat, FEA-RP/USP e FCAV/Unesp.

O relatório completo pode ser acessado pelo link:

https://www.fundecitrus.com.br/pdf/pes_relatorios/2019_05_10_Sum%C3%A1rio_Executivo_da_Estimativa_da_Safra_de_Laranja_2019-2020.pdf

(Por Roberto Samora; Edição Stéfani Inouye)

Mais Agronegócio