PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Deere eleva previsão de lucro, mas alerta para risco de produção

21/05/2021 15h34

Por Rajesh Kumar Singh e Shreyasee Raj

CHICAGO (Reuters) - A Deere & Co aumentou nesta sexta-feira os seus ganhos anuais com demanda flutuante por máquinas agrícolas e de construção, mas alertou que a escassez global de chips semicondutores representa um risco "significativo" para a sua programação de produção.

À medida que a economia global se recupera da recessão induzida pela pandemia, a companhia está gerando pedidos excepcionalmente altos de peças e materiais em um momento em que as interrupções da Covid-19 causaram restrições de capacidade em toda a cadeia de suprimentos.

A Deere afirmou que está "cuidadosamente otimista" nos atendimentos aos pedidos dos clientes. A empresa revisou para cima os custos de matéria-prima e frete no ano para 1 bilhão de dólares, ante 500 milhões de dólares estimados em fevereiro.

"A atual dinâmica do mercado, juntamente com as restrições de produção da indústria, apontam para um ciclo de vários anos para os equipamentos agrícolas", disse Cory Reed, chefe da unidade de Produção e Precisão da Deere, aos investidores em uma teleconferência de resultados.

A empresa sediada em Illinois informou que o lucro líquido no ano fiscal de 2021 deverá ficar entre 5,3 bilhões e 5,7 bilhões de dólares, ante 4,6 bilhões para 5 bilhões de dólares estimados em fevereiro. É a segunda vez em quatro meses que a companhia atualiza as perspectivas.

A ações da Deere, que superaram o S&P 500 com um ganho de cerca de 32% neste ano, subiam 1,8% a 361,73 dólares durante a tarde.

O lucro do segundo trimestre foi de 5,68 dólares por ação, uma alta de 169% ante um ano antes. As vendas de equipamentos avançaram 34% ano a ano, para cerca de 11 bilhões de dólares.

(Reportagem de Rajesh Kumar Singh em Chicago e Shreyasee Raj em Bangalore)