PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Argentina diz ser "iminente" envio ao Congresso de acordo com FMI

24/02/2022 14h15

BUENOS AIRES (Reuters) - A Argentina enviará de maneira "iminente" ao Congresso do país um acordo com o Fundo Monetário Internacional para sua aprovação, disse nesta quinta-feira a porta-voz do governo, Gabriela Cerruti.

O presidente Alberto Fernández precisa que o Congresso aprove a negociação com o Fundo antes do próximo vencimento de dívida, no valor de 2,8 bilhões de dólares, em 22 de março. O acordo também precisará ser aprovado pela diretoria do FMI.

"Esperamos que aconteça nos próximos dias, então temos que esperar apenas alguns dias mais ou umas horas mais. Digamos que é iminente, não posso lhes dizer exatamente quando", disse Cerruti em entrevista à imprensa quando questionada sobre o envio do acordo ao Congresso.

Em janeiro, o governo anunciou que chegou a um princípio de entendimento com o FMI para substituir um empréstimo não pago de 57 bilhões de dólares concedido em 2018.

Mas a diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva, disse dias depois que ainda restava muito trabalho a fazer e que o foco principal era tirar a Argentina do "caminho muito perigoso da inflação alta".

(Reportagem de Agustín Geist e Walter Bianchi)