IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

Recuperação de IPOs nos EUA oferece esperança de reabertura do mercado

17/02/2023 12h41

Por Echo Wang

NOVA YORK (Reuters) - A recessão dos IPOs está finalmente diminuindo?

Um ano após a invasão da Ucrânia pela Rússia e uma alta da inflação alimentarem uma forte volatilidade no mercado que impediu a maioria das ofertas públicas iniciais de ações em 2022, na semana passada houve uma enxurrada de listagens. Fazia 15 meses que não havia uma semana mais movimentada, segundo dados da Dealogic.

Cinco IPOs, incluindo a oferta de 638 milhões de dólares da empresa de tecnologia solar Nextracker e a de 190 milhões de dólares da fabricante chinesa de sensores Hesai, foram concluídos na semana passada. No total, os IPOs levantaram cerca de 1,17 bilhão de dólares em recursos, seis vezes mais do que na semana anterior, quando as estreias no mercado de ações movimentaram cerca de 193 milhões de dólares, segundo a Dealogic.

Os executivos de bancos de investimento e advogados de IPOs disseram que, se o movimento continuar, endossado por um declínio na volatilidade e um aumento nos valuations corporativos, esperam que várias grandes empresas que estão esperando para agir, incluindo a empresa de mídia social Reddit e a fabricante de chips Arm, de propriedade do SoftBank, possam lançar seus IPOs no segundo semestre de 2023.

Os IPOs, excluindo os de empresas SPACs, levantaram a menor quantidade de recursos em mais de duas décadas em 2022, chegando a 8,7 bilhões de dólares, em comparação com 154,1 bilhões de dólares em 2021, segundo a Dealogic.

O termômetro de medo de Wall Street, o índice de volatilidade Cboe, caiu quase 12% desde o início do ano, sinalizando a redução da ansiedade dos investidores e facilitando o lançamento de IPOs.

Algumas empresas estão esperando por uma recuperação sustentada do IPOs antes de decidirem acionar o gatilho para sua estreia, disseram alguns dos executivos. O movimento provavelmente levará pelo menos até o verão (no hemisfério norte) se a recuperação do mercado continuar, acrescentaram.