IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Déficit comercial dos EUA aumenta em fevereiro com queda nas exportações de bens

05/04/2023 10h17

WASHINGTON (Reuters) - O déficit comercial dos Estados Unidos aumentou mais do que o esperado em fevereiro com a queda das exportações de bens, sugerindo que o comércio pode prejudicar o crescimento econômico no primeiro trimestre.

O déficit comercial aumentou 2,7%, para 70,5 bilhões de dólares, informou o Departamento de Comércio na quarta-feira. Os dados de janeiro foram revisados para mostrar que o déficit comercial aumentou para 68,7 bilhões de dólares, em vez dos 68,3 bilhões divulgados anteriormente.

Economistas consultados pela Reuters previam que o déficit comercial subiria para 69 bilhões de dólares.

As exportações caíram 2,7%, para 251,2 bilhões de dólares, provavelmente refletindo a desaceleração da demanda global, bem como a valorização anterior do dólar, o que está tornando os produtos fabricados nos EUA menos competitivos nos mercados internacionais. As exportações de bens recuaram 4,8%, para 169,2 bilhões de dólares.

As importações tiveram queda de 1,5%, para 321,7 bilhões de dólares, com as mercadorias caiu 2,2%, para 262,2 bilhões. A demanda doméstica está desacelerando em meio a custos de empréstimos mais altos com o objetivo de domar a inflação, o que deixou as empresas menos animadas em aumentar os estoques de mercadorias.

Ajustado pela inflação, o déficit comercial de mercadorias aumentou 2,7%, para 104,6 bilhões de dólares. Um déficit comercial menor foi um dos fatores que contribuíram para a taxa de crescimento anualizada de 2,6% da economia no quarto trimestre.

(Reportagem de Lucia Mutikani)