PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Todos a Bordo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Jovem rastreia avião de bilionários e irrita Elon Musk; como ele faz isso?

Elon Musk ficou incomodado por ter seu avião particular rastreado em uma conta no Twitter - Win McNamee/Getty Images
Elon Musk ficou incomodado por ter seu avião particular rastreado em uma conta no Twitter Imagem: Win McNamee/Getty Images

Alexandre Saconi

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/02/2022 04h00Atualizada em 09/02/2022 15h47

Um jovem de 19 anos da Flórida (EUA) vem incomodando o bilionário Elon Musk, dono das fabricantes Tesla (automóveis) e SpaceX (sistemas aeroespaciais). Jack Sweeney criou uma conta no Twitter onde monitora os voos realizados por Musk em seu avião particular, um Gulfstream G650ER.

O perfil na rede social conta com mais de 371 mil seguidores e é apenas uma das 18 contas que monitoram outras aeronaves de celebridades e bilionários. Entre eles estão Bill Gates (fundador da Microsoft), Jeff Bezos (fundador da Amazon), Mark Zuckerberg (fundador do Facebook), os atores John Travolta e Tom Cruise, a cantora Taylor Swift, entre outros.

Musk chegou a oferecer US$ 5.000 para que seu jatinho parasse de ser rastreado, mas a proposta não foi aceita. Sweeney ainda recebeu uma proposta de emprego em uma empresa de fretamento de voos, mas também recusou.

Como funciona o rastreamento?

ads - FligthRadar24 - FligthRadar24
Antenas em solo captam sinais de aviões com o sistema ADS-B
Imagem: FligthRadar24

O jovem criou um robô automatizado que coleta informações oferecidas pelo próprio avião de Musk e as insere no Twitter.

A maioria dos aviões possui dispositivos de localização chamados transponders, que usam uma tecnologia chamada ADS-B (Automatic Dependent Surveillance-Broadcast, ou transmissão de vigilância dependente automática).

Ela registra a localização da aeronave (que é definida, geralmente, por coordenadas GPS) e envia o sinal contendo, além da posição do avião, dados como velocidade, rumo, altitude, características do avião etc.

Essas informações são captadas por antenas no solo e processadas por diversas plataformas de rastreamento, como o Flightradar24 ou o ADS-B Exchange, esse último, o utilizado por Sweeney.

Esses dados são interpretados e inseridos em um mapa para, na sequência, serem atualizados no perfil Elon Musk's Jet no Twitter. Todos os códigos foram disponibilizados pelo jovem e podem ser utilizados para seguir outras aeronaves.

Inclusive, quem quiser, pode, com um investimento baixo, instalar uma antena para receber esses sinais em casa (veja mais aqui).

Por que tanto incômodo?

G650 - Gulfstream - Gulfstream
Família de aviões Gulfstream G650 é uma das preferidas dos ricos mundo afora, como Elon Musk
Imagem: Gulfstream

Elon Musk alegou motivos de segurança para não ser rastreado, mas o que Sweeney está fazendo não aparenta ter nenhuma ilegalidade por trás, já que todos os dados que ele usa são públicos.

Outra das razões para o incômodo de Musk pode ser o fato de ele ter incluído seu avião em uma lista que bloqueia a divulgação das informações junto à Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA, na sigla em inglês), órgão similar à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) no Brasil.

Mesmo tendo feito isso, o código de seu avião continuava disponível, embora, com menos informações. Sem os dados da FAA, não é possível saber, por exemplo, o aeroporto de destino do avião, já que o ADS-B informa, basicamente, a velocidade e a posição da aeronave no espaço.

Recentemente, Sweeney anunciou que obteve dados referentes a todos os jatos da SpaceX, empresa de propriedade de Musk. Isso só foi possível após uma solicitação feita por meio da Lei de Liberdade de Informação (similar à Lei de Acesso à Informação no Brasil).

O bilionário ainda tentou usar um código alternativo temporário em seu transponder para não ser rastreado, mas não escapou do monitoramento feito no Twitter.

Impacto ambiental

Ainda está sendo implementado um recurso no perfil Elon Musk's Jet que irá contabilizar quanto o voo consumiu em combustível e emitiu em gás carbônico.

Isso pode deixar os bilionários e celebridades que fazem discursos ligados ao meio ambiente mais incomodados quando a sua poluição individual vier a público.

Acontece que a utilização de aviões particulares gera mais poluição do que voos comerciais, onde uma maior quantidade de pessoas é transportada.