IPCA
0,42 Mar.2024
Topo

A Companhia

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Ação da 3R Petroleum sobe mais de 20% no mês; vale investir?

Sergei Karpukhin/Reuters
Imagem: Sergei Karpukhin/Reuters

Colaboração para o UOL, em São Paulo

31/01/2023 09h23

Esta é a versão online da newsletter A Companhia enviada hoje (31). Quer receber antes o boletim e diretamente no seu email? Clique aqui. Os assinantes UOL ainda podem receber dez newsletters exclusivas toda semana.

O destaque da semana na newsletter A Companhia é a 3R Petroleum, escolhida por Victor Bueno, sócio e analista de small caps da Nord Research.

O foco da empresa de óleo e gás são campos maduros (já explorados e com reservas comprovadas), com 78% da produção advinda de áreas terrestres (onshore) e o restante de operações marítimas (offshore).

O especialista ressalta que, após o lançamento inicial de ações realizado no fim de 2020, a companhia adquiriu sete polos e atualmente conta com nove ativos.

"Com as aquisições, a 3R passou a ter uma operação diversificada, tanto do ponto vista geográfico como nos tipos de produção."

Segundo ele, os negócios se deram em meio ao programa de desinvestimento da Petrobras e foram realizados em um "bom timing" - todos antes da guerra entre Rússia e Ucrânia -, quando o preço médio do petróleo Brent estava perto de US$ 56 o barril. Atualmente, a cotação gira em torno de US$ 88 o barril.

No terceiro trimestre de 2022, a 3R Petroleum obteve um lucro líquido recorde de quase R$ 470 milhões, revertendo prejuízo de R$ 14 milhões visto em igual período do ano anterior. Pelo calendário da empresa, o balanço do quarto trimestre será divulgado em 8 de março.

Após alta de 12,5% em 2022, as ações da 3R Petroleum (RRRP3) acumulam valorização de 24% em janeiro, até o dia 26, segundo informações do TradeMap, hub independente do mercado financeiro.

Saiba mais sobre a 3R Petroleum

O nome da companhia, fundada em 2014, é uma alusão aos termos "Redesenvolver, Revitalizar e Repensar", tidos como pilares da estratégia de incremento de produção e reservas em campos maduros.

Segundo a empresa, tal direcionamento integra a meta de se tornar uma grande companhia petrolífera privada e independente, com escala no Brasil e em outros países da América Latina.

O plano de negócios se baseia no aperfeiçoamento do portfólio atual e no crescimento por meio de aquisição de ativos maduros.

********

LEIA MAIS NA NEWSLETTER

Este material não é um relatório de análise, recomendação de investimento ou oferta de valor mobiliário. Este conteúdo é de responsabilidade do corpo jornalístico do UOL Economia, que possui liberdade editorial. Quaisquer opiniões de especialistas credenciados eventualmente utilizadas como amparo à matéria refletem exclusivamente as opiniões pessoais desses especialistas e foram elaboradas de forma independente do Universo Online S.A.. Este material tem objetivo informativo e não tem a finalidade de assegurar a existência de garantia de resultados futuros ou a isenção de riscos. Os produtos de investimentos mencionados podem não ser adequados para todos os perfis de investidores, sendo importante o preenchimento do questionário de suitability para identificação de produtos adequados ao seu perfil, bem como a consulta de especialistas de confiança antes de qualquer investimento. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura e não está isenta de tributação. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, a depender de condições de mercado, podendo resultar em perdas. O Universo Online S.A. se exime de toda e qualquer responsabilidade por eventuais prejuízos que venham a decorrer da utilização deste material.