PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Econoweek

4 tipos de aplicativos para te ajudar a economizar mais dinheiro

Yolanda Fordelone

Yolanda Fordelone

Yolanda Fordelone é economista e jornalista, teve passagens por grandes jornais nas áreas de economia e finanças, foi professora em um curso de graduação em Economia e hoje coordena uma equipe em um aplicativo de gestão financeira. Além disso, se dedica às finanças pessoais no Econoweek.

20/10/2020 18h20

Em tempos de renda em baixa e preços em alta, esta coluna resolveu dar uma ajuda listando aplicativos que te ajudam a economizar no dia a dia. São quatro categorias de soluções selecionadas pela Yolanda Fordelone, economista do Econoweek. No vídeo acima, você assiste a navegação em cada app.

Preços de mercado

O mercado anda bem mais alto do que no início do ano e se tornou uma conta cada vez mais pesada no orçamento. Há diversos aplicativos que comparam preços, mas destaco o Pinngo.

Por lá, é possível escolher o produto, como uma Coca Cola de dois litros, e verificar o preço praticado nos mercados da região. Ao clicar em alguma rede de mercados, o aplicativo já mostra sua distância em relação aos principais endereços.

Você pode ajudar a comunidade a manter os preços atualizados tirando uma foto no código de barras da nota fiscal.

Hábitos de finanças comportamentais

Para construir um hábito você precisa repeti-lo algumas vezes. Há estudos que falam que, no mínimo, 21 vezes. Dois aplicativos ajudam nesta tarefa de criar um hábito. No app 52 semanas da Mobills, você cria um objetivo de economia semanal, como R$ 5 a cada semana. A economia é acumulativa: na primeira semana a meta seria guardar R$ 5, na segunda semana, R$ 10 e assim por diante.

Pela solução, você marca quando atinge a meta da semana e verifica quanto vai acumular no final de 52 semanas (ou um ano). A título de curiosidade, no exemplo seriam R$ 6.890.

Outro app com finalidade similar é o Piggy. Nele, você cria metas de economia e ele te fala quanto deveria economizar por semana. Mostra em um gráfico a sua evolução. Também pode definir o objetivo "I just want to save" (eu só quero poupar, em português). O aplicativo faz a conta em real, mas as únicas línguas disponíveis são inglês, espanhol e francês.

Lista mais promoções

Gosto de usar dois aplicativos combinados para fazer compras fora do necessário, como roupas, tênis, itens de casa, entre outros. Faço a lista de desejos no Trello, um aplicativo que pode ser usado para organização de agenda e projetos. Ele também fica disponível na versão web. A ideia é fazer uma lista de itens que você quer comprar, mas que não precisa ser necessariamente agora.

Além dele, acompanho o aplicativo Promobit, uma comunidade onde as pessoas vão avisando das promoções em diversas categorias. O risco aqui é comprar o que não estava no plano. Por isso a importância de ter uma lista prévia do que procura.

Dinheiro de volta ou cashback

Ainda na linha de "se for comprar, pelo menos economize", há aplicativos de cashback, como o Ame e o Meliuz. O Ame funciona como carteira digital: você abastece o valor para poder gastar.

No Meliuz, há o cartão de crédito e o link direto. Ao pesquisar dentro do aplicativo a loja onde vai comprar, como as varejistas Amazon e Lojas Americanas, você verifica o porcentual de dinheiro que terá na compra. É só clicar no link e será direcionado ao e-commerce. Após finalizar a compra, recebe o cashback. Quando acumula no mínimo R$ 20 pode solicitar o resgate.

Gostou das ideias para conseguir dinheiro? Deixe um comentário ou fale com a gente no nosso canal do YouTube, Instagram e LinkedIn. Também é possível ouvir nossos podcasts no Spotify. A gente sempre compartilha muito conhecimento sobre economia, finanças e investimentos. Afinal, o conhecimento é sempre uma saída!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.