PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Econoweek

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Batalha poupança x Tesouro mostra vantagem clara com diferença de até 260%

César Esperandio

César Esperandio

César Esperandio é economista com ênfase em planejamento financeiro, com larga experiência no mercado financeiro. Já atuou em setores macroeconômicos de bancos e consultorias, além de ter passado por empresa de pesquisas de mercado. Hoje se dedica exclusivamente ao Econoweek, com foco em investimentos.

11/06/2021 04h00

Você sabe por que todo mundo fala que você está perdendo dinheiro na poupança? Se você ainda tem dinheiro na poupança já devia ter ido para o Tesouro Selic ou outros investimentos de renda fixa.

Nesse artigo, vou mostrar:

  • Os prós e contras da poupança e do Tesouro Direto.
  • A diferença de rentabilidade entre um e outro para você ver com os próprios olhos.

No vídeo a seguir, gravei minha tela para mostrar as contas de como os diversos investimentos do Tesouro Direto podem ter rentabilidade entre 30% e 260% maiores que o retorno da Poupança e valem muito mais a pena.

Prós e contras

Vamos às cinco principais diferenças entre a poupança e os investimentos do Tesouro Direto.

1. Segurança

Ambos os investimentos, Poupança e títulos do Tesouro, são considerados bastante seguros. O que pouca gente sabe é que o Tesouro Direto tem os investimentos mais seguros do Brasil (ainda mais que a poupança).

Placar: 1 x 0 para o Tesouro

2. Impostos e taxas

Enquanto não há incidência de taxas nem de Imposto de Renda para quem investe na Poupança, os investimentos do Tesouro contam com incidência do Imposto de Renda regressivo (entre 15% e 22,5% apenas sobre os rendimentos) e taxa da B3 de 0,25% (isenta para investimentos de até R$ 10 mil no Tesouro Selic).

Apesar da aparente vantagem para a poupança, a rentabilidade do Tesouro ainda é superior mesmo após o desconto de impostos e taxas.

Por isso, vamos dar meio ponto de consideração para a Poupança.

Placar: Tesouro 1 x 0,5 Poupança

3. Tipo de rentabilidade

Os investimentos do Tesouro contam com rentabilidade diária. Ou seja, seu dinheiro investido rende todo dia útil.

Já na poupança, seus investimentos têm rendimento apenas no aniversário mensal de cada aporte, o que significa que se retirar seu dinheiro antes disso toda a rentabilidade dos dias compreendidos entre o último "mêsversário" e o saque será perdida e ficará para o banco.

Nada mais bizarro!

Placar: Tesouro 2 x 0,5 poupança

4. Liquidez

Na Poupança é possível sacar o dinheiro a hora que quiser. No Tesouro Direto, ao solicitar o resgate, o dinheiro estará disponível na sua conta em D+1 (termo técnico para dizer que você poderá sacar no dia útil seguinte à solicitação).

Há uma vantagem para a Poupança nesse quesito, embora seja pequena, e há quem prefira o formato D+1 que ajudaria a evitar compras impulsivas e desnecessárias dos mais consumistas.

Placar: Tesouro 2 x 1 Poupança

5. Rentabilidade

Para o dinheiro aportado na Poupança de 2012 para trás, a rentabilidade é de 0,5% ao mês + TR (Taxa Referencial, que pode ser ignorada por estar zerada desde 2018). Isso é equivalente a aproximadamente um retorno de 6% ao ano.

Nada mal para tempos de juros baixos e Selic em 3,5% ao ano (na data de publicação deste artigo).

Mas o que importa é a chamada Nova Poupança, que tem regra específica e válida para todos os aportes de 2012 para cá. Ou seja, é essa a comparação que deve ser considerada se você tem dinheiro para investir e ainda está indeciso entre Poupança ou Tesouro Direto.

Na nova regra, se a Selic for maior que 8,5% ao ano, vale a regra antiga (aproximadamente 6% de rentabilidade por ano e, portanto, inferior ao investimento de menor rentabilidade do Tesouro Direto, que é o chamado Tesouro Selic).

Já se a Selic estiver em 8,5% ao ano ou menos, a rentabilidade da Poupança será 30% menor que a Selic + TR (zero), deixando-a sempre em desvantagem de um terço da rentabilidade, independentemente do nível da Selic.

Por isso, o investimento de menor rentabilidade do Tesouro é sempre 30% superior à Poupança antes da incidência de taxas e impostos. A vantagem ainda fica com os títulos do Tesouro mesmo após se descontar esses tributos, como mostramos no vídeo acima.

Placar: Tesouro 3 x 1 Poupança

Simulações

No vídeo acima, gravei a tela mostrando as diferenças de quanto renderia seu dinheiro na Poupança e nos principais títulos do Tesouro Direto, do menos ao mais vantajoso.

Todos ganham da Poupança! Às vezes de lavada...

Em um investimento chamado Tesouro Prefixado, a diferença pode chegar a ser quase três vezes maior! Ou ainda mais se em comparação com o Tesouro IPCA dependendo do tamanho da inflação.

Onde investir com a inflação em alta?

Fazer seus investimentos renderem mais que a Poupança é superimportante, mas também é necessário que seus investimentos tenham rentabilidade acima da inflação!

Por isso, no vídeo abaixo, contamos onde investir com a inflação em alta!

Siga o Econoweek nas nossas redes sociais (Instagram ou YouTube) para acompanhar muito mais dicas de investimentos e finanças.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL