PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Econoweek

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Tesouro Direto está dando prejuízo? Saiba como evitar

Conteúdo exclusivo para assinantes
César Esperandio

César Esperandio

César Esperandio é economista com ênfase em planejamento financeiro, com larga experiência no mercado financeiro. Já atuou em setores macroeconômicos de bancos e consultorias, além de ter passado por empresa de pesquisas de mercado. Hoje se dedica exclusivamente ao Econoweek, com foco em investimentos.

13/01/2022 04h00

Deixa-me adivinhar: você entrou no app para ver seus investimentos no Tesouro Direto e percebeu que sua aplicação estava dando prejuízo? Agora, vou explicar por que isso acontece e o que fazer para reverter esse "prejuízo".

Este é mais um artigo de uma série chamada Mapa do Tesouro Direto, que vai te deixar expert nesse tipo de investimento. É 100% gratuito, não tentaremos vender nada e tudo o que queremos é transformar você em referência para aplicações no Tesouro.

O que aconteceu para minha aplicação do Tesouro Direto cair?

Se você também está lidando com essa dúvida, é claro que deve estar se perguntando se de fato o Tesouro Direto é realmente seguro, como muita gente fala. No artigo anterior, expliquei todos os riscos de se investir no Tesouro, que não é 100% seguro. Vale a pena conferir.

O motivo de você ver um "prejuízo" no Tesouro Direto é explicado por conta de um fenômeno financeiro chamado marcação a mercado.

Ao investir em qualquer aplicação da renda fixa, com exceção dos títulos pós-fixados com liquidez diária, como é o caso do Tesouro Selic, a rentabilidade combinada na hora da aplicação só é paga caso você também cumpra sua parte no acordo e permaneça com a grana investida até o dia do vencimento da aplicação.

Caso contrário, você está sujeito à marcação a mercado, que é quanto seu investimento está valendo naquele momento caso decida resgatar sua aplicação antes da data final.

É como se todos os investidores do mercado estivessem menos dispostos a comprar essa aplicação de você e pegar o dinheiro de volta em seu lugar no dia do vencimento (ou mais dispostos, em caso de rentabilidade acima da esperada. Sim, isso pode acontecer!).

Resumindo, caso tenha entrado no aplicativo da sua corretora ou mesmo no site do Tesouro Direto e se deparou com prejuízo na sua aplicação, não se assuste: ele ainda não é um prejuízo de fato!

Esse é um valor que serve de referência para saber quanto você conseguiria sacar naquele instante caso decidisse resgatar sua aplicação nessa hora.

Se permanecer até o dia do vencimento, terá a rentabilidade combinada "sem tirar nem pôr".

Está mais calmo agora?

Como investir no Tesouro Direto?

Você sabe que o Tesouro Direto é a aplicação mais comentada do momento, com mais de 4 milhões de investidores cadastrados, somando mais de R$ 60 bilhões. E você ainda não investe?
Fique sabendo que a taxa de retorno das aplicações do Tesouro está subindo, mesmo sendo considerado os investimento mais conservador e seguro do Brasil.

Na série de vídeos Mapa do Tesouro Direto contamos como investir em Tesouro Selic, Tesouro IPCA, Tesouro Prefixado e até como ter renda extra mensal nessa aplicação. Confira no vídeo a seguir!

É de graça! Faça parte da comunidade Econoweek nas nossas redes sociais (Instagram ou YouTube) para acompanhar mais dicas de inteligência financeira como essa.

PUBLICIDADE