PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Tudo Golpe

Black Fraude - Não caia em golpes

Marcos Santos/Usp Imagens
Imagem: Marcos Santos/Usp Imagens
Flávio Tasinaffo

A coluna Tudo Golpe é a extensão de um projeto criado por Flávio Tasinaffo com o objetivo de alertar e ajudar as pessoas a não caírem em golpes rotineiros. Siga também em facebook.com/tudogolpe e no Instagram @portaltudogolpe

13/11/2020 05h00

A Black Friday está chegando. Este ano, o evento será no dia 27 de novembro. Oportunidade para adquirir produtos com bons descontos. E uma época em que os golpistas fazem a festa.

As ofertas já começaram nas grandes redes. A Black Friday virou Black November e promoções tentadoras já estão sendo anunciadas.

O objetivo do Tudo Golpe, mesmo quando eu nem previa manter uma coluna no maior portal de notícias do Brasil, sempre foi o de ajudar as pessoas a não caírem em golpes. Este é um momento muito importante e peço, encarecidamente, caro leitor: não acredite em ofertas milagrosas. Segure a ansiedade e não pague o boleto imediatamente. Avise seus avós, pais, filhos, amigos. Compartilhe esta matéria. Não há ego neste pedido. O objetivo não é o de promover o Tudo Golpe, mas o de impulsionar a informação. Não podemos deixar o crime vencer.

E-mail falso | Boleto falso

Todos os meses, milhares de pessoas pagam boletos falsos. Com a pandemia do coronavirus, esta estatística aumentou. Com a Black Friday, a tendência é que o índice seja ainda maior.

Hoje mesmo, eu recebi um e-mail em nome da Americanas.com. O título do e-mail é persuasivo #EsquentaBlackFriday Produtos com 80% OFF, corra e aproveite!

O primeiro produto anunciado neste e-mail é um Smartphone, vendido somente no boleto, por apenas R$548,90. O mesmo aparelho está sendo comercializado no site das próprias Americanas por mais de R$ 3 mil.

Na mesma mensagem, há a oferta de um iPhone 11 Pro Max de 512 GB por R$2499,00. O aparelho está sendo vendido na Americanas.com por R$9518,00.

Estratégia dos criminosos

Essa será a armadilha dos criminosos. Eles vão se apropriar do nome, credibilidade e do layout de grandes redes, como Americanas, Magazine Luiza, Casas Bahia, entre outras, apresentar uma oferta irrecusável e utilizar o boleto como principal forma de pagamento.

Isto porque, se você pagar no cartão de crédito e se arrepender, poderá ligar para a administradora e impugnar a compra. A possibilidade de recuperar o valor é muito maior. No boleto, o golpista saca o dinheiro e já era. Você perdeu suas economias e ficou sem sua compra.

Sempre que escrevo sobre este tipo de falcatrua, é comum que os leitores me perguntem: "mas como alguém ainda pode cair neste golpe?". Acreditem: são milhares de vítimas, trabalhadores que perdem todas as suas economias e jamais conseguem recuperar o prejuízo. O sonho de ter uma Smart TV, um videogame ou um celular de última geração, os cegam. A falta de informação reduz suas possibilidades de defesa.

Orientações

  • Pesquise a reputação das lojas em sites como o ReclameAQUI e o Consumidor.gov.
  • Ligue para as empresas para certificar-se que as promoções são verdadeiras.
  • Utilize sites que comparam e apresentam o histórico de preços como Buscapé, Google Shopping e Zoom.
  • Evite pagar por boleto bancário e, se for sua única alternativa, observe quem será o beneficiário do pagamento; não faz sentido que seja uma pessoa física.
  • Se a única forma de pagamento for boleto, fuja. É golpe na certa!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.