Bolsas

Câmbio

Bolsa tem quarta alta, puxada por bancos; Petrobras cai 5% e Gol salta 50%

Do UOL, em São Paulo

Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, operou em queda durante grande parte desta segunda-feira (1º), mas virou no final da sessão e fechou em alta. O índice subiu 0,41%, a 40.570,04 pontos. É o quarto dia seguido de alta. 

Na sexta-feira (29), a Bovespa havia ganhado 4,6%, mas fechou janeiro com perdas de 6,79%. 

A alta desta sessão foi puxada pelo desempenho positivo das ações do Banco do Brasil, Bradesco e Itaú Unibanco. A Petrobras fechou em queda.

Fora do Ibovespa, as ações da companhia aérea Gol foram destaque de alta, disparando mais de 50%. 

Investidores estavam cautelosos antes da retomada das atividades no Congresso Nacional na terça-feira.

Petrobras cai 

Os papéis ordinários da Petrobras (PETR3), com direito a voto, tiveram baixa de 5,05%, a R$ 6,58.

Os papéis preferenciais (PETR4), com prioridade na distribuição de dividendos, perderam 2,48%, a R$ 4,72. Eles foram influenciados pela queda do preço do petróleo. 

Bancos sobem

Os papéis do Bradesco (BBDC4) ganharam 2,59%, a R$ 18,62.

As ações do Banco do Brasil (BBAS3) subiram 2,24%, a R$ 14,16, e as do Itaú Unibanco (ITUB4) tiveram valorização de 2,17%, a R$ 25,47

Ações da Gol disparam

As ações da Gol (GOLL4) dispararam 50,33%, a R$ 2,30, diante da chance de o governo federal propor projeto de lei que dê à Presidência da República poder de autorizar que estrangeiros controlem até 100% de empresas aéreas no Brasil, segundo reportagem do jornal "Valor Econômico".

Também influenciaram a alta das ações dados operacionais do quarto trimestre mostrando crescimento na receita líquida por passageiro.

Os papéis da companhia aérea não fazem mais parte do Ibovespa. As ações da Smiles (SMLE3), que está no Ibovespa e é controlada pela Gol, subiram 5,51%, a R$ 30,05.

Dólar fecha abaixo de R$ 4

No mercado de câmbio, o dólar comercial emendou a terceira queda seguida e fechou em baixa de 1,62%, a R$ 3,959 na venda. É a maior queda percentual diária desde 28 de dezembro de 2015, quando havia caído 2,1%. 

É também o menor valor de fechamento desde 30 de dezembro, quando a moeda norte-americana havia fechado a R$ 3,948 na venda. 

Na sexta-feira (29), a moeda norte-americana havia caído 1,36% e encerrado janeiro com valorização de 1,93%. 

Bolsas internacionais

As principais Bolsas de Valores da Europa fecharam em queda, com exceção de Portugal, que teve alta de 0,33%. 

  • Itália: -0,92%
  • França: -0,56%
  • Alemanha: -0,41%
  • Inglaterra: -0,39%
  • Espanha: -0,31%
  • Portugal: +0,33% 

As Bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam sem tendência definida. Japão saltou quase 2% e China perdeu 1,77%.

  • Japão: +1,98%
  • Austrália: +0,76%
  • Coreia do Sul: +0,67%
  • Taiwan: +0,14%
  • Hong Kong: -0,45%
  • Cingapura: -1,02%
  • China: -1,77% 

(Com Reuters) 

 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos