Bolsas

Câmbio

Bolsa fecha o dia quase estável, mas despenca 4% na semana

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta sexta-feira (6) praticamente estável, com leve alta de 0,09%, a 51.717,82 pontos. Na véspera, a Bovespa havia caído 1,68%.

Com isso, o índice encerra a semana com desvalorização de 4,07%. No ano, tem alta acumulada de 19,30%.

Entre os destaques positivos do dia estão as ações da Petrobras, que subiram mais de 2%, a mineradora Vale e os bancos.

Petrobras sobe

As ações preferenciais da Petrobras (PETR4), que dão prioridade na distribuição de dividendos, subiram 2,75%, a R$ 10,08.

As ações ordinárias da Petrobras (PETR3), com direito a voto em assembleia, avançaram 2,29%, a R$ 12,93.

Os papéis da petroleira foram influenciados pela alta dos preços do petróleo no mercado internacional e pelo ambiente político, após comissão do Senado aprovar relatório favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Vale avança

Após forte queda nas últimas três sessões, as ações da mineradora Vale voltaram a subir, apesar da queda dos preços do minério de ferro na China.

As ações preferenciais da Vale (VALE5) se valorizaram 1,88%, a R$ 13,52, enquanto as ações ordinárias da Vale (VALE3) ganharam 1,32%, a R$ 16,88.

Bancos ganham

Entre os bancos, as ações do Banco do Brasil (BBAS3) tiveram a maior alta: +0,83%, a R$ 20,69.

As ações do Bradesco (BBDC4) subiram 0,48%, a R$ 25,37, e as ações do Itaú Unibanco (ITUB4) ficaram praticamente estáveis, com leve ganho de 0,03%, a R$ 30,40.

Dólar cai 1,04%, a R$ 3,503

No mercado de câmbio, o dólar comercial fechou em queda de 1,04%, cotado a R$ 3,503 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana havia ficado praticamente estável, com leve baixa de 0,01%.

Apesar da queda no dia, o dólar encerra a semana com alta de 1,83%. No ano, a moeda acumula desvalorização de 11,27%.

Bolsas internacionais

Das seis principais Bolsas de Valores da Europa, três fecharam em alta e as demais caíram.

  • Alemanha: +0,18%
  • Espanha: +0,15%
  • Inglaterra: +0,14%
  • França: -0,42%
  • Itália: -0,45%
  • Portugal: -0,92%

A maioria das Bolsas da Ásia e do Pacífico terminou o dia em baixa. A Bolsa da China registrou a maior queda percentual diária em mais de dois meses.

  • China: -2,82%
  • Hong Kong: -1,66%
  • Cingapura: -1,34%
  • Taiwan: -0,26%
  • Japão: -0,25%
  • Austrália: +0,25%
  • Coreia do Sul não operou

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos