Bolsas

Câmbio

Dólar cai 0,37%, no segundo dia seguido de queda, e fecha a R$ 3,417

Do UOL, em São Paulo

dólar comercial fechou esta terça-feira (6) em queda de 0,37%, a R$ 3,417 na venda. É a segunda queda seguida. 

Com isso, a moeda norte-americana acumula baixa de 1,61% na semana. No mês, tem valorização de 0,86% e, no ano, perdas de 13,46%. 

Na véspera, a moeda norte-americana havia caído 1,24%.

Cenário político

De manhã, investidores estavam apreensivos com o cenário político. Na véspera, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello decidiu afastar o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado.

Isso gerou temores de que a aprovação de medidas de ajuste das contas públicas no Congresso pudesse ser prejudicada.

Essa preocupação, no entanto, foi amenizada após a Mesa Diretora do Senado decidir nesta tarde não obedecer a decisão do ministro do STF e manter Renan Calheiros na presidência do Senado até que o plenário do Supremo julgue em definitivo a deliberação de Mello.

Com isso, investidores avaliavam que a pauta econômica do governo no Congresso poderia ser mantida.

"Com Renan, a PEC do teto deve passar", disse um operador de câmbio de uma corretora nacional à agência de notícias Reuters, referindo-se à proposta do governo de limitar os gastos públicos.

Atuação do BC

O Banco Central fez novamente leilão de swap cambial tradicional, equivalente à venda futura de dólares, vendendo integralmente a oferta de 15 mil contratos para rolagem dos contratos que vencem em janeiro.

Ata do Copom

O Banco Central indicou que deve acelerar o processo de corte na taxa básica de juros, a Selic, se o PIB (Produto Interno Bruto) não der sinais de retomada, segundo a ata da última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), divulgada nesta terça-feira.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos