Bolsas

Câmbio

Bolsa fecha quase estável; JBS salta 22,5%, mas perde 13,6% em uma semana

Do UOL, em São Paulo

Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta quinta-feira (25) praticamente estável, com leve queda de 0,05%, a 63.226,79 pontos. Na véspera, a Bolsa havia subido 0,95%.

As ações da JBS disparam 22,54%, a R$ 8,21, e tiveram a maior alta do Ibovespa no dia. Investidores aproveitaram para comprar os papéis que, no início da sessão, acumulavam desvalorização de quase 30% desde a última quarta-feira (17), quando foi divulgado que Joesley Batista, um dos donos da empresa, gravou conversa com o presidente Michel Temer.

Após o fechamento de hoje, as ações da JBS acumulam desvalorização de 13,58% em relação à última quarta-feira.

As ações da Petrobras, do Itaú Unibanco e do Bradesco fecharam em queda, enquanto os papéis da mineradora Vale e do Banco do Brasil tiveram alta. Essas empresas têm grande peso sobre o índice.

Dólar sobe 0,12%, a R$ 3,283

dólar comercial fechou em alta de 0,12%, cotado a R$ 3,283 na venda. É o segundo avanço seguido da moeda norte-americana, que havia subido 0,4% na véspera.

Investidores seguiam atentos à crise política, um dia após os protestos contra o presidente Michel Temer e as reformas do governo em Brasília. Com isso, o mercado começa a acreditar que uma saída para estancar a crise política seria a cassação da chapa Dilma-Temer, e substituição do presidente por um nome que consiga dar andamento às reformas, sobretudo a da Previdência, considerada fundamental pelo mercado para equilibrar as contas públicas.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos