Bolsas

Câmbio

Bolsa fecha em queda de 0,82%; Banco do Brasil cai mais de 3%

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta terça-feira (27) em queda de 0,82%, a 61.675,46 pontos. Na véspera, a Bolsa havia avançado 1,8%, a maior alta diária desde 2 de maio (2,02%).

A baixa desta sessão foi influenciada, principalmente, pelo desempenho negativo das ações do Banco do Brasil, que caíram mais de 3%. Os papéis do Bradesco, do Itaú Unibanco e da Petrobras também fecharam em queda.

No sentido oposto, as ações da mineradora Vale subiram mais de 1%. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Dólar sobe 0,52%, a R$ 3,318

dólar comercial fechou em alta de 0,52%, cotado a R$ 3,318 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana havia caído 1,13%, a maior queda desde 19 de maio (-3,89%).

Investidores avaliavam a denúncia apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o presidente Michel Temer pelo crime de corrupção passiva a partir da delação dos executivos da J&F, controladora da JBS. Em pronunciamento nesta terça, Temer afirmou que a denúncia contra ele é "uma ficção" e não tem fundamentos.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos