Bolsas

Câmbio

Bolsa fecha em queda de 0,62%, e dólar cai 0,1%, a R$ 3,16

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta quarta-feira (30) em queda de 0,62%, a 70.886,26 pontos. Na véspera, a Bolsa havia subido 0,44% e atingido o maior nível desde 12 de janeiro de 2011 (71.632,9 pontos).

O resultado foi influenciado, principalmente, pelo desempenho negativo das ações da Petrobras, que caíram quase 3%. Os papéis do Banco do Brasil (-1,02%), do Bradesco (-1%), do Itaú Unibanco (-0,54%) e da mineradora Vale (-0,29%) também fecharam em baixa. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa. A maior queda do dia foi da operadora de saúde Qualicorp, que despencou 4,41%, a R$ 34,70. 

Dólar cai 0,1%, a R$ 3,16

dólar comercial fechou em baixa de 0,1%, cotado a R$ 3,16 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana fechou quase estável, com leve avanço de 0,03%.

A Câmara dos Deputados rejeitou nesta quarta-feira os três destaques à medida provisória e concluiu a criação da TLP (Taxa de Longo Prazo), que servirá de nova referência para os empréstimos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). O texto vai para o Senado e precisa ser votado até 7 de setembro para não perder a validade.

Na véspera, a Comissão Mista de Orçamento (CMO) aprovou o projeto de lei que aumenta as as previsões de rombo nas contas do governo de 2017 e 2018. A previsão é de que a medida seja votada ainda nesta quarta no plenário do Congresso.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos