Bolsas

Câmbio

Bolsa fecha em alta de 1,55% e volta a atingir maior pontuação histórica

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta terça-feira (10) em alta de 1,55%, a 76.897,21 pontos, após duas quedas seguidas. Com isso, o índice atinge sua maior pontuação de fechamento na história, ultrapassando o recorde alcançado na semana passada (76.762,91 pontos). Na véspera, a Bolsa caiu 0,43%.

O avanço desta sessão foi influenciado, principalmente, pelo desempenho positivo do Banco do Brasil (+2,13%), do Bradesco (+2,12%) e do Itaú Unibanco (+2,49%). Os papéis da Ambev (+2,33%) e da Petrobras (+1,89%) também subiram.

Por outro lado, as ações da mineradora Vale (-0,57%) fecharam em queda. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

O mercado está otimista com relação à recuperação da economia brasileira. Nesta terça, o Fundo Monetário Internacional (FMI) aumentou sua projeção de crescimento para o Brasil de 0,3% para 0,7% em 2017. Apesar disso, o país terá o quinto pior desempenho entre as nações das Américas neste ano, segundo o FMI.

Dólar fecha quase estável, a R$ 3,184

dólar comercial fechou praticamente estável, com leve queda de 0,07%, cotado a R$ 3,184 na venda, após três altas consecutivas. Na véspera, a moeda norte-americana subiu 0,86%.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos