Bolsas

Câmbio

Bolsa fecha em queda de 1,7% após 2 altas seguidas; Embraer sobe 4,41%

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta sexta-feira (2) em queda de 1,7%, a 84.041,34 pontos, após duas altas seguidas. Na véspera, a Bolsa subiu 0,69%. Com isso, acumula desvalorização de 1,74% na semana. 

O resultado foi influenciado, principalmente, pelo desempenho negativo das ações da Petrobras (-2,68%), do Banco do Brasil (-1,36%), do Itaú Unibanco (-1,26%), do Bradesco (-3,1%), da mineradora Vale (-2,37%) e da Ambev (-0,99%). Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Já os papéis da Embraer subiram (+4,41%). A empresa informou nesta sexta-feira que não recebeu oferta da Boeing, mas que segue mantendo discussões com a norte-americana e com representantes do governo brasileiro sobre uma aliança, que poderá envolver a criação de uma nova empresa.

Dólar sobe 1,44%, a R$ 3,214

dólar comercial fechou esta sexta-feira (2) em alta de 1,44%, cotado a R$ 3,214 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana caiu 0,36%. Com isso, o dólar fecha a semana com valorização acumulada de 2,37%.  

O relatório do mercado de trabalho dos Estados Unidos mostrou nesta sexta-feira criação de vagas acima do esperado e aumentou as chances de uma quarta alta dos juros pelo Federal Reserve (banco central norte-americano) neste ano. Juros maiores nos EUA podem atrair para lá recursos aplicados em outras economias, como a brasileira.

(Com Reuters) 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos