ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Cotações

Dólar para turistas é vendido a R$ 4,35 em SP; euro chega a R$ 5,15

Do UOL, em são Paulo

07/06/2018 10h23Atualizada em 07/06/2018 17h47

O dólar continua em alta e já é vendido a R$ 4,14 nas casas de câmbio em São Paulo, para quem compra em dinheiro vivo, e a R$ 4,35, para o cartão pré-pago, já considerando o IOF. Para o euro, os preços chegam a R$ 4,89, no dinheiro, e R$ 5,15, no cartão pré-pago.

Os valores foram consultados por volta das 17h30 desta quinta-feira (7), após o fechamento do dólar, no site Melhor Câmbio.

O valor sempre é maior para turistas do que o divulgado no câmbio comercial. O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial, que tem cotação menor que o dólar das casas de câmbio. O mesmo vale para o euro.

Leia também:

A menor cotação para o dólar no horário era de R$ 4,10, com IOF, e foi encontrada em 27 corretoras listadas no site, para quem compra em dinheiro. O maior valor, de R$ 4,14, era oferecido por três corretoras. Para o cartão pré-pago, o menor valor, de R$ 4,31, era encontrado em 22 corretoras, e o maior, de R$ 4,35, era ofertado em um estabelecimento.

Para o euro, 29 corretoras ofereciam a moeda por R$ 4,84, para quem compra em dinheiro vivo. O maior preço, de R$ 4,89, era encontrado em três corretoras. Para o cartão pré-pago, o menor preço era de R$ 5,07, disponível em 17 corretoras. Três locais ofertavam o euro a R$ 5,14.

O cenário político indefinido vem causando turbulências nos mercados com a proximidade das eleições presidenciais.

Veja abaixo alguns exemplos de cotações encontradas no site Melhor Câmbio, já incluído o IOF de 1,1% para dinheiro vivo e de 6,38% para cartão (os valores variam durante o dia):

Dólar:

  • GetMOney: R$ 4,10 (dinheiro) e R$ 4,30 (cartão pré-pago)
  • Multimoney: R$ 4,11 (dinheiro) e R$ 4,33 (cartão pré-pago)
  • ARC Corretora: R$ 4,14 (dinheiro) e R$ 4,35 (cartão pré-pago)

Euro:

  • Confidence: R$ 4,83 (dinheiro) e R$ 5,07 (cartão pré-pago)
  • SP Mundi: R$ 4,88 (dinheiro) e R$ 5,14 (cartão pré-pago)
  • ARC Corretora: R$ 4,89 (dinheiro) e R$ 5,74 (cartão pré-pago)

Instabilidade do país puxa alta, diz especialista

O professor de economia do Mackenzie Marcos Antônio de Andrade afirma que o câmbio tem interferências não só da economia, mas também dos aspectos político e social. “A gente está em um momento de instabilidade política muito forte. Acabamos de passar por uma greve de caminhoneiros. Houve esse movimento e o governo não negociou de forma objetiva, o que acabou criando uma instabilidade social. Todos esses componentes estão colaborando para a alta do dólar.”

Para o especialista, é melhor esperar para comprar a moeda. “É o pior momento para comprar dólar. Só recomendo comprar a moeda agora para quem vai viajar nos próximos 15 ou 20 dias. Não visualizo diminuição nesse período. É um momento de instabilidade ainda, pois o reflexo da crise dos caminhoneiros está recente. Quem for viajar no meio do mês de julho, aconselho a segurar até o último momento. O ideal é fazer um acompanhamento nas corretoras.”

Por que os valores são maiores?

O dólar comercial é utilizado para movimentações financeiras do governo no exterior e empréstimos de brasileiros residentes fora do país, além de ser usado por grandes empresas para a realização de importação e exportação de mercadorias.

Nas casas de câmbio, onde as pessoas comuns compram a moeda, o valor é maior. Ela é vendida para os pequenos compradores, que utilizam o dólar para viajar. O dólar turismo também é usado na conversão dos débitos realizados em moeda estrangeira no cartão de crédito, por exemplo.

Como ir à praia e gastar pouco em tempos de crise?

UOL Notícias

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Cotações