PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Cotações

Dólar sobe mais de 1%, vendido perto de R$ 3,82; Bolsa opera em queda

Do UOL, em São Paulo

13/11/2018 13h47Atualizada em 13/11/2018 16h48

dólar comercial operava em alta nesta terça-feira (13). Por volta das 16h10, a moeda subia 1,7%, a R$ 3,821 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, tinha baixa de 1,04%, a 84.632,55 pontos. 

Na véspera, o dólar fechou com valorização de 0,55%, cotado a R$ 3,757 na venda, e a Bolsa terminou o dia em queda de 0,14%, a 85.524,70 pontos.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para turistas, o valor sempre é maior.

Leia também:

Cenário político

Os investidores seguem atentos ao noticiário político brasileiro, após indicações do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), sobre inviabilidade de votação da reforma da Previdência neste ano. Na véspera, Bolsonaro reconheceu que dificilmente a reforma da Previdência será aprovada em 2018.

Os investidores acompanham ainda indicações de nomes para a formação do futuro governo, com especial atenção sobre o comando do Banco Central.

Nesta terça-feira, Bolsonaro anunciou a indicação do general da reserva do Exército Fernando Azevedo e Silva, atual assessor especial do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, para o cargo de ministro da Defesa.

Relações comerciais entre EUA e China

O mercado acompanha também o cenário externo, em dia de maior otimismo sobre as relações comerciais entre Estados Unidos e China.

Na sexta-feira (9), o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, retomou as discussões com o vice-primeiro-ministro da China, Liu He, com os dois conversando por telefone, informou o jornal "The Wall Street Journal" citando fontes. 

Além disso, o "South China Morning Post" informou que o principal negociador comercial da China, Liu He, pode visitar Washington para se preparar para as conversas entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o presidente chinês, Xi Jinping, na cúpula do G20 na Argentina neste mês.

Atuação do BC

O Banco Central vendeu nesta sessão 13,6 mil contratos de swap cambial tradicional, equivalente à venda futura de dólares.

Desta forma, rolou US$ 5,44 bilhões do total de US$ 12,217 bilhões que vence em dezembro. Se mantiver essa oferta diária e vendê-la até o final do mês, terá feito a rolagem integral.

(Com Reuters)

Cotações