Topo

Cotações


Dólar sobe a R$ 3,942, após 2 quedas seguidas; Bolsa fecha quase estável

Do UOL, em São Paulo

29/04/2019 17h11Atualizada em 29/04/2019 17h35

O dólar comercial fechou em alta de 0,26%, cotado a R$ 3,942 na venda, após duas quedas consecutivas. O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou praticamente estável, com leve queda de 0,05%, a 96.187,75 pontos.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para turistas, o valor sempre é maior.

O dia foi de cautela, com investidores atentos ao desenrolar das negociações entre governo e Congresso a respeito da reforma da Previdência.

Bolsonaro pede para BB baixar juros

Também afetou o mercado declaração dada mais cedo pelo presidente Jair Bolsonaro, que pediu ao presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, que o banco baixe os juros do crédito rural. "Apelo, Rubem, para seu coração e patriotismo, que esses juros caiam um pouco mais", afirmou o presidente.

As ações do BB, que operavam em alta, chegaram a cair 1% logo depois do episódio. Ao longo da tarde, porém, voltaram a subir e fecharam com leve ganho de 0,04%, a R$ 49,37.

Em 2012, a então presidente Dilma Rousseff (PT) foi criticada por economistas e pelo mercado financeiro por determinar que bancos públicos, como o BB, baixassem os juros.

EUA decidirá juros

No exterior, as expectativas estão voltadas para a decisão do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), sobre os juros do país, que serão divulgados na quarta-feira. No Brasil, o mercado não abrirá na data em razão do feriado do Dia do Trabalho.

BC faz leilão

O Banco Central concluiu hoje a rolagem de todos os US$ 5,343 bilhões em swaps cambiais que expirariam no começo de maio. O BC começará em 2 de maio a rolagem integral dos 201.785 contratos de swap cambial tradicional com vencimento em 1º de julho de 2019.

(Com Reuters)

Entenda como funciona o câmbio do dólar

UOL Notícias

Cotações