PUBLICIDADE
IPCA
0,25 Fev.2020
Topo

Cotações


Dólar sobe e chega a R$ 4,185, maior valor desde 5 de dezembro; Bolsa recua

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

15/01/2020 17h01Atualizada em 15/01/2020 18h29

Em um dia de muitas expectativas quanto ao acordo comercial entre China e Estados Unidos, o dólar comercial valorizou frente ao real, fechando a sessão em R$ 4,185. O valor é o mais alto desde 5 de dezembro (R$ 4,188) e a alta de 1,3% é a maior registrada em 2020.

Apesar de a assinatura do acordo entre chineses e americanos ser um grande passo para o fim das tensões comerciais entre os dois, os investidores seguem ansiosos sobre a manutenção de tarifas e a falta de soluções para alguns problemas centrais entre Washington e Pequim.

"O acordo deixará tarifas em vigor em quase dois terços das importações da China até a eleição americana em novembro", disse em nota a XP Investimentos. "Além disso, não foi definido tempo adicional para novas negociações, deixando investidores desconfortáveis com as futuras relações entre as maiores economias do mundo."

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para turistas, o valor é sempre maior.

Números do comércio frustram Bolsa

O Ibovespa, por sua vez, encerrou o pregão em queda de 1,04%, aos 116.414,35 pontos. É a maior desvalorização diária registrada pelo principal índice da Bolsa brasileira desde 26 de novembro (-1,26%).

Contribuíram para este recuo os números sobre as vendas do comércio brasileiro, que frustraram as expectativas do mercado financeiro. Com o consumo patinando, aumentam as apostas de um novo corte na taxa básica de juros (Selic) na próxima reunião do Copom, em fevereiro.

"Tanto as vendas no varejo quanto a produção industrial, os indicadores mais recentes, têm mostrado que há pouca consistência no processo de recuperação da economia brasileira, o que atrapalha um pouco os mercados locais", disse à Reuters o economista-chefe do banco Modalmais, Alvaro Bandeira.

*Com Reuters

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas

Entenda como funciona o câmbio do dólar

UOL Notícias

Cotações