PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Cotações

Dólar fecha em alta após duas quedas e fica em R$ 5,213

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Do UOL, em São Paulo

22/07/2021 17h24

O dólar fechou o dia de hoje a R$ 5,213. O valor representa uma alta de 0,41%, após dois dias consecutivos de queda.

Considerando a variação semanal, a alta é de 1,91%. Ao longo do mês, a moeda norte-americana subiu 4,82%. Porém, ao observar a variação anual o valor da divisa subiu 0,47%.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

O mercado tem mostrado bastante volatilidade recentemente, em meio a relatos de pouco fluxo cambial, que tem deixado os negócios mais suscetíveis a oscilações mais dilatadas. Os investidores têm se debruçado principalmente sobre o cenário externo e a dança das cadeiras nos ministérios brasileiros.

Segundo o BTG Pactual, a tendência de longo prazo para o contrato míni de dólar ainda é de baixa, mas o ativo tem apresentado correção no curto prazo.

Bolsa

O Ibovespa seguiu o mesmo movimento da moeda americana e fechou o dia em alta. O pregão foi encerrado com a Bolsa batendo 126.146,66 pontos. O número representa uma alta de 0,17%.

Na Bovespa, os destaques ficaram com Locaweb (LWSA3), que teve a maior alta do dia, com um crescimento de 5,64%, e Banco Inter (BIDI11), ativo que mais caiu hoje, com uma redução de 2,49%.

No Brasil, a temporada de balanços deve ganhar ritmo apenas na próxima semana, mas nesta sexta-feira a Hypera abre o calendário do Ibovespa, com resultado após o fechamento.

O noticiário político brasileiro também é monitorado, após reportagem de O Estado de S. Paulo afirmando que o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, ameaçou o presidente da Câmara, Arthur Lira, com a não realização de eleições em 2022 caso a Casa não aprove o voto impresso.

Ambos negaram a reportagem, mas o jornal manteve a publicação. "Ainda temos um longo caminho até as eleições. Será um período tortuoso e turbulento. Eventos como esse devem entrar no radar dos investidores", afirmou Dan Kawa, diretor de investimentos da TAG Investimentos.

(com Reuters)

Cotações