Conteúdo publicado há 9 meses

Dólar cai 0,48% e vai a R$ 4,876; Bolsa fecha em queda de 0,89%

O dólar comercial fechou nesta sexta-feira em queda de 0,48%, cotado a R$ 4,876. Na semana, a moeda acumula alta de 3,05%.

Já o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores brasileira (B3), encerrou a sessão em queda de 0,89%, aos 119.507,68 pontos. O índice teve queda de 0,57% na semana.

Cenário externo:

Dólar fechou em baixa depois de três dias de alta. Dados sobre o mercado de trabalho nos Estados Unidos elevaram as apostas de que o Federal Reserve pode não subir mais os juros em 2023.

Estados Unidos geraram 187 mil postos de trabalho em julho. Os dados foram divulgados pelo Departamento do Trabalho e ficou abaixo dos 200 mil postos projetados por economistas ouvidos na pesquisa Reuters. O setor privado gerou 172 mil vagas, ante 179 mil esperadas, enquanto o setor público abriu 15 mil novos postos.

Cenário interno:

Fluxo de dólar no Brasil diminui com queda da Selic. Taxas de juros mais baixas fazem com que a aplicação em títulos no Brasil fique menos atrativa. Luciano Rostagno, estrategista-chefe do banco Mizuho, disse que o corte mais acentuado que parte do mercado esperava colabora para a desvalorização do real, uma vez que torna o país menos atrativo ao capital internacional.

Taxa de juros foi cortada de 13,75% para 13,25%. Apesar de taxa ainda ser considerada alta, o BC sinalizou que avalia novos cortes da mesma magnitude na próxima reunião do Copom, marcada para 19 e 20 de setembro.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial (saiba mais clicando aqui). Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

Com Reuters

Deixe seu comentário

Só para assinantes