Bolsas

Câmbio

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://economia.uol.com.br/empreendedorismo/album/2016/10/03/conheca-cafeterias-que-cobram-pelo-tempo-em-sp-e-em-bh.htm
  • totalImagens: 10
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20161003171114
    • Empreendedorismo [12640];
Fotos

O Lemni (acima), em São Paulo, e o Guaja, em Belo Horizonte, são espaços que oferecem comes e bebes de cafeteria e cobram pelo tempo que o cliente passa no local; o objetivo é atrair pessoas que buscam um lugar para trabalhar, com wi-fi grátis; clique nas fotos acima para ver mais Rui Nagae/Divulgação Mais

O Guaja é um espaço de coworking (escritório compartilhado) em Belo Horizonte que, desde fevereiro deste ano, possui um café com comes e bebes à disposição dos clientes; a cobrança é feita pelo tempo que se passa no local, partindo de R$ 12 (uma hora) até R$ 48 (a diária) Divulgação Mais

O Lemni, em São Paulo, foi inaugurado em junho e cobra R$ 12 por meia hora no local, R$ 3 a cada 15 minutos adicionais, R$ 18 por uma hora até R$ 66 a diária Rui Nagae/Divulgação Mais

O café é apenas um dos espaços com wi-fi do Guaja, em Belo Horizonte, que possui escritórios compartilhados, salas de reunião e espaço para eventos como workshops e palestras Divulgação Mais

No Lemni, em São Paulo, há até micro-ondas para que os clientes possam esquentar a própria comida; a ideia é dar autonomia e ser uma extensão da casa, diz a sócia Giuliana Nogueira Rui Nagae/Divulgação Mais

Cookies, pães, bolos, café e chá são alguns dos itens à disposição dos frequentadores que buscam o Guaja, em Belo Horizonte, para trabalhar Divulgação Mais

Ao chegar no Lemni, em São Paulo, o cliente recebe uma comanda com seu nome e horário de chegada; a cobrança é feita de acordo com o tempo que se passa no local, que tem wi-fi Rui Nagae/Divulgação Mais

Há sempre uma variedade de pães, bolos, canapés, frutas e bebidas no Guaja, em Belo Horizonte; alguns itens são feitos na cozinha própria, e outros vêm de parceiros locais Divulgação Mais

Os comes e bebes oferecidos no Lemni, em São Paulo, são artesanais e fornecidos por parceiros locais Rui Nagae/Divulgação Mais

O tradicional pão de queijo mineiro não falta no bufê do coworking Guaja, em Belo Horizonte Divulgação Mais

Conheça cafeterias que cobram pelo tempo em SP e em BH

Últimos álbuns de Economia

UOL Cursos Online

Todos os cursos