Faturando R$ 3 mi, empresária largou medicina e chegou a ser sacoleira

Carlos Brazil

Colaboração para o UOL, São Paulo

  • Divulgação

    Maitê Pedroso, sócia da Miss Pink, microfranquia de venda de cosméticos

    Maitê Pedroso, sócia da Miss Pink, microfranquia de venda de cosméticos

Certo dia, aos 22 anos, a então estudante do terceiro ano de medicina Maitê Pedroso (hoje com 30, e sócia da empresa de cosméticos Miss Pink) se viu em dificuldades financeiras e precisou trabalhar para seguir seus estudos. "Virei sacoleira", diz a empresária. "Comprava cosméticos em São Paulo para vender de porta em porta em Lages (SC)."

Começou a ver em sua atividade uma oportunidade de empreender. Desenvolveu fórmulas de cosméticos e passou a produzir e vender seus próprios produtos. Trancou a faculdade no quinto ano e abriu sua própria empresa. "Quis desenvolver o conceito de 'luxo acessível', com produtos de qualidade e preço baixo", afirma.

Participando de uma feira de cosméticos, fechou o fornecimento de seus produtos a um empresário do Líbano. "Foi quando consegui me capitalizar para crescer", diz. Chegou a abrir loja própria, mas percebeu que os custos fixos acabavam tornando o negócio pouco rentável.

Teve, então, a ideia de abrir uma microfranquia itinerante. Em 2014, criou um modelo de loja/quiosque no formato de móvel transportável, que, quando fechado, cabe no porta-malas de um carro. Os franqueados podem levar suas lojas a shoppings, salões de beleza ou empresas, para vendas "in company".

Em 2015, a empresa -que tem sede em Londrina (PR) e vende produtos como batons, esmaltes e cremes, entre outros- faturou R$ 3 milhões (o lucro não foi divulgado), e chegou a 47 unidades da microfranquia. Hoje, são 53 lojas, distribuídas em 17 Estados, com maior presença no Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Microfranquia custa a partir de R$ 25 mil

O investimento inicial é de R$ 25 mil (R$ 15 mil de taxa de franquia, R$ 7.000 para o móvel e R$ 3.000 em produtos). Não há valor estabelecido para capital de giro e são cobrados R$ 900 anuais de royalties.

O faturamento médio mensal é de R$ 15 mil e a taxa de lucro varia de 30% a 50% (de R$ 4.500 a R$ 7.500). A expectativa de retorno do investimento é de 3 a 12 meses (as informações são da empresa).

"Esse modelo de negócio realmente funcionou. A perspectiva é muito otimista, mesmo. Apostando na microfranquia itinerante, temos estrutura e capacidade para chegar a 200 unidades até o final do ano", diz Maitê Pedroso.

Para as mulheres que querem ter seu próprio negócio, sugere: "É totalmente possível empreender, e eu sou um exemplo disso. Eu não tinha dinheiro algum e consegui. O segredo é sempre persistir um pouco mais".

Onde encontrar

Miss Pink - http://www.misspinkbrasil.com.br

CONSULTORES DÃO DICAS PARA ESCOLHER UMA FRANQUIA

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos