Demitida, advogada abre franquia e faz faxina quando falta funcionário

Larissa Coldibeli

Colaboração para o UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Desempregada, a advogada Laíne Mangueira comprou franquia de limpeza

    Desempregada, a advogada Laíne Mangueira comprou franquia de limpeza

Advogada com pós-graduação em Direito Público, Laíne Mangueira, 38, foi surpreendida com a notícia da demissão em 2015 e obrigada a se reinventar. Depois de anos de trabalho em cargos de confiança na Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e na ANTF (Associação Nacional dos Transportes Ferroviários), em Brasília (DF), ela se viu tendo que voltar a morar com a mãe, em João Pessoa (PB), sua terra natal, para economizar dinheiro.

Também vendeu seu carro e usou o dinheiro da rescisão trabalhista e suas economias para empreender. Ela comprou uma franquia de limpeza Maria Brasileira, que começou a operar no início de 2016.

Leia também:

Quando fui demitida, fiquei num impasse: ou continuava em Brasília e tentava uma nova colocação em meio à crise econômica que se iniciava ou voltava para a casa da mãe e usava minhas economias para investir em um negócio próprio, algo que sempre quis. Escolhi a segunda opção.

Ela diz que pesquisou franquias por ser uma opção menos arriscada de investimento e que escolheu uma com valor que pudesse pagar e ainda sobrasse dinheiro para se manter enquanto o negócio não gerava lucro. Ao todo, seu investimento foi de cerca de R$ 100 mil.

Veja a seguir os dados da franquia, fornecidos pela empresa:

  • Investimento inicial: a partir de R$ 48 mil (custos de instalação + taxa de franquia + capital de giro)
  • Faturamento médio mensal: R$ 30 mil
  • Lucro médio mensal R$ 6.000 (20%)
  • Retorno do investimento a partir de 12 meses

No começo, os principais serviços eram de limpeza pós-obra, considerado pesado por ela, que também trabalha na faxina quando necessário. "Muitas vezes tive que por a mão na massa e fazer faxina porque via que o número de funcionários não era suficiente para determinado serviço. Como empreendedora, tenho que fazer um pouco de tudo: da visita para orçamentos à limpeza e administração", afirma.

Hoje em dia, os principais contratos são de terceirização de mão de obra de limpeza para empresas. "É melhor porque são contratos fixos, anuais, que permitem uma previsibilidade dos rendimentos."

Segundo a empresária, o negócio já dá lucro, porém, ela ainda não chegou à renda que possuía quando era empregada. "Mesmo assim, estou satisfeita e penso em ter outros negócios. A adaptação à minha nova realidade foi difícil, mas temos que ser humildes e saber recomeçar", declara.

Mesmo com desemprego, é necessário planejar

Fabiano Nagamatsu, consultor do Sebrae-SP, diz que o número de pessoas que busca o empreendedorismo como alternativa ao desemprego é grande. Porém, é necessário se preparar para ter o próprio negócio.

"O primeiro passo é entender quais são suas competências técnicas, quais são suas habilidades, afinidades e, se for o caso, procurar um curso mais específico. Depois é necessário buscar conhecimento em planejamento e gestão de negócios. Há opções grátis no Sebrae", diz.

O consultor afirma que, mesmo quem empreende por necessidade, precisa se planejar e acompanhar indicadores do negócio e do mercado, pois o comportamento do consumidor muda, especialmente em momento de crise. Outro ponto importante, em que a empresária acertou, segundo ele, é não investir todo o dinheiro que possui de uma vez e reservar o capital de giro.

"Quem é novo no mercado não tem crédito com fornecedores e com bancos, então precisa comprar à vista e, geralmente, vender a prazo. Depois de um tempo de empresa, isso tende a melhorar."

A humildade, característica exaltada pela empreendedora, é típica do pequeno empresário, de acordo com o consultor. "O empreendedor é um faz tudo, tem que ser versátil. Isso acaba sendo um modelo de motivação e liderança para os funcionários."

Onde encontrar:

Maria Brasileira: www.mariabrasileira.com.br

CONSULTORES DÃO DICAS PARA ESCOLHER UMA FRANQUIA

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos