Bolsas

Câmbio

IR 2016: Receita recebeu 12,5 milhões de declarações; faltam 16 milhões

Do UOL, em São Paulo

  • iStock

A Receita Federal recebeu quase 12,5 milhões de declarações do Imposto de Renda de 2016 até as 17h desta segunda-feira (18).

O órgão espera receber 28,5 milhões de declarações no total. Portanto, faltam ainda cerca de 16 milhões. 

O prazo para entrega termina em 29 de abril. A multa para quem entregar a declaração fora do prazo é de 1% ao mês. O valor mínimo é de R$ 165,74 e o máximo, de 20% do imposto devido.

Quem deve declarar?

Neste ano, é obrigado a declarar Imposto de Renda quem, entre outras situações, recebeu mais de R$ 28.123,91 de renda tributável (salário, por exemplo), ou mais de R$ 40 mil isentos, não tributáveis ou tributados na fonte em 2015 (como indenização trabalhista).

Quem tinha bens cujo valor total era superior a R$ 300 mil também precisa declarar. 

Clique aqui e veja mais detalhes sobre quem é obrigado a enviar a declaração de Imposto de Renda.

Computador, tablet ou celular

A declaração pode ser feita pelo computador, por meio dos programas de declaração e entrega, que estão disponíveis para download no UOL ou no site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br). 

O preenchimento e o envio também podem ser feitos por tablets e celulares, por meio do aplicativo IRPF, que é encontrado nas lojas Google Play (sistema Android) e App Store (iOS).

Quem tem certificado digital pode fazer o preenchimento online, sem precisar baixar o programa.

Novidades

A declaração deste ano tem algumas novidades em relação à de 2015. A maior parte das mudanças diz respeito à forma de preenchimento de alguns dados.

Agora é preciso, por exemplo, informar o CPF de dependentes e alimentandos maiores de 14 anos (antes, a exigência existia a partir dos 16 anos).

Para saber mais sobre as novidades do IR 2016, clique aqui.

Em menos de 1 minuto, saiba quem tem de declarar o IR 2016

  •  

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos