Só para assinantesAssine UOL

Como governo pode usar a tecnologia para arrecadar mais com menos impostos

O Brasil tem experimentado um crescimento significativo no uso de estratégias digitais no setor público, especialmente em relação à cobrança de impostos. A
Receita Federal está cada vez mais eficiente nesse processo. Basta ver as Declarações de Imposto de Renda pré-preenchidas com seu histórico ou o cruzamento de dados da tal malha fina. No entanto, para maximizar os benefícios da era digital, é essencial expandir essas estratégias para além da arrecadação tributária e aumento de impostos.

Iniciativas como o REDESIM, para abertura de empresas, e o e-Social, que unifica informações fiscais, previdenciárias e trabalhistas das empresas, são passos na direção certa, mas ainda há um longo caminho a percorrer. A integração de sistemas, a simplificação de processos e a adoção de tecnologias emergentes, como a inteligência artificial para automatizar e otimizar serviços, são áreas chave para o futuro. Essas mudanças não só melhoram a experiência do cidadão, mas também promovem um ambiente econômico mais dinâmico e justo.

Ao adotar essas práticas, o governo pode não apenas aumentar a receita fiscal, mas também fortalecer a relação com os contribuintes através de uma maior transparência e interação eficiente. Como estamos no melhor momento para tratar disso, após a aprovação da Reforma Tributária, que diminuiu o número de tributos, e a busca pelo
cumprimento da meta fiscal, apresento algumas ações que podem ser aplicadas nas seguintes áreas: eficiência operacional; ampliação da base tributária; transparência; segurança dos dados; gerenciamento de recursos e governança.

Eficiência operacional

Automação de processos: A automação de tarefas repetitivas e rotineiras na administração fiscal reduz a carga de trabalho manual, diminui erros e acelera o processamento de declarações e pagamentos.

Integração de Sistemas: Sistemas fiscais integrados permitem uma gestão mais eficiente das informações, evitando a duplicação de esforços e facilitando a troca de dados entre diferentes departamentos e agências governamentais.

Digitalização de documentos: O processo de emissão de guias de pagamentos, certidões e demais papéis necessários para se efetivar um pagamento de tributos podem ser digitalizados, facilitando o acesso do cidadão que precisa pagar seus impostos.

Ampliação da base tributária

Facilidade no registro e declaração: Simplificar o processo de registro de novos contribuintes e a declaração de impostos encoraja a formalização de empresas e indivíduos, ampliando a base tributária.

Continua após a publicidade

Integração com aplicativos de venda de produtos e serviço: Possibilitar que as plataformas digitais se conectem aos sistemas públicos de abertura de empresas, aumentando a formalização e número de CNPJ rastreáveis.

Transparência

Portais de acesso público: Oferecer portais onde contribuintes possam acessar suas informações fiscais e histórico de transações promove a transparência e facilita a conformidade jurídica.

Educação e comunicação digital: Utilizar plataformas digitais para educar contribuintes sobre suas obrigações fiscais e fornecer atualizações regulares sobre mudanças na legislação tributária.

Segurança de dados

Tecnologias de segurança avançadas: Implementar tecnologias como blockchain e criptografia avançada para proteger os dados fiscais contra acessos não autorizados e fraudes, aumentando a confiança do contribuinte nos sistemas governamentais.

Continua após a publicidade

Gerenciamento de recursos

Redução de custos operacionais: A digitalização dos processos fiscais ode resultar em uma significativa economia de recursos, reduzindo a necessidade de papel e outros materiais físicos, além de liberar os servidores para outras tarefas de fiscalização.

Análise preditiva para alocação de recursos: Utilizar IA para análise preditiva, ajudando a alocar recursos de maneira mais eficiente e planejar estratégias fiscais futuras.

Governança e legislação

Atualizações legislativas baseadas em dados: As análises de dados coletados podem informar os responsáveis pela formulação de políticas sobre a necessidade de ajustes ou atualizações na legislação fiscal.

Resposta rápida a mudanças econômicas: A capacidade de adaptar rapidamente os sistemas fiscais a mudanças econômicas ou sociais, graças à agilidade proporcionada pelas tecnologias digitais.

Continua após a publicidade

Temos todas as condições e uma janela de oportunidade para criarmos de fato um ambiente que foque na jornada tributária do contribuinte que ainda hoje convive com muita complexidade.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Este material não é um relatório de análise, recomendação de investimento ou oferta de valor mobiliário. Este conteúdo é de responsabilidade do corpo jornalístico do UOL Economia, que possui liberdade editorial. Quaisquer opiniões de especialistas credenciados eventualmente utilizadas como amparo à matéria refletem exclusivamente as opiniões pessoais desses especialistas e foram elaboradas de forma independente do Universo Online S.A.. Este material tem objetivo informativo e não tem a finalidade de assegurar a existência de garantia de resultados futuros ou a isenção de riscos. Os produtos de investimentos mencionados podem não ser adequados para todos os perfis de investidores, sendo importante o preenchimento do questionário de suitability para identificação de produtos adequados ao seu perfil, bem como a consulta de especialistas de confiança antes de qualquer investimento. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura e não está isenta de tributação. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, a depender de condições de mercado, podendo resultar em perdas. O Universo Online S.A. se exime de toda e qualquer responsabilidade por eventuais prejuízos que venham a decorrer da utilização deste material.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes