PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Não se vai muito longe se não for com as próprias pernas

Exclusivo para assinantes UOL
Claudio Felisoni

Claudio Felisoni

Professor Titular da FEA/USP, presidente do Conselho do Labfin.Provar, da FIA, e presidente do Ibevar (Instituto Brasileiro de Executivos do Varejo e do Mercado de Consumo)

30/10/2020 04h00

Os ditos populares encerram muitas verdades. Basta ter olhos para ver. Sim, porque é o resultado de observações de situações recorrentes. De fato, não se avança muito no caminho se os passos de alguém dependem da disposição e boa vontade de outra pessoa. É preciso aprender a andar com as próprias pernas.

Isso vale para tudo e, portanto, também, é evidente, na organização da vida financeira dos indivíduos. Os problemas financeiros assemelham-se a doenças mentais. Quando a cabeça não está bem, nada está bem. Quando a vida financeira se complica, tudo fica muito complicado. Não é verdade?