PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Como estão as empresas do setor de shopping e qual se deu melhor no 1º tri?

Povozniuk/iStock
Imagem: Povozniuk/iStock
Conteúdo exclusivo para assinantes

Research do PagBank

19/05/2022 04h00

As empresas de shoppings centers têm mostrado um forte desempenho no primeiro trimestre deste ano, após a baixa que tiveram por conta dos lockdowns com o surgimento da pandemia de coronavírus — afinal, foram surpreendidas com o fechamento de 100% de suas operações e a queda forte em seus resultados.

Agora, neste começo de 2022, grande parte das companhias do setor estão apresentando uma performance positiva em seus resultados. Os bons desempenhos refletem as maiores vendas totais, mesmo com o impacto da variante ômicron de covid-19 e fatores macroeconômicos (como a elevação da inflação e o aumento dos juros) — fatores esses que acabam por corroer o poder de compra do consumidor.

A melhora nas vendas se deve às operações totais dos shoppings e à redução das promoções e suspensão dos descontos que tinham promovido com os lojistas na época da pandemia.

Hoje na B3 temos as empresas Multiplan, brMalls, Iguatemi e a Aliansce Sonae.

Abaixo segue a tabela com os principais números das empresas nesse primeiro trimestre de 2022.

O que esperar do setor

Consideramos que o setor de shopping center continuará em evidência, devido à preferência dos consumidores por utilizá-los como centro de compras e lazer.

Outro fator que vem crescendo são as parcerias, aquisições e consolidações. A expectativa é que o setor continue crescendo tanto organicamente quanto por via de aquisições.

Destacamos que a Multiplan já enfatizou que visa o crescimento orgânico, enquanto a Aliansce e brMalls estão crescendo via aquisições. As duas companhias estão em fase final para a união de suas operações, em que a projeção do mercado é que a sinergia chegue em R$ 210 milhões. Além disso, a nova companhia terá um forte portfólio de ativos — dada a complementaridade da carteira de shoppings entre as empresas, criando a maior administradora de shoppings do país.

A Aliansce Sonae (ALSO3) e brMalls (BRML3) deverão ter a convocação para que os acionistas votem sobre combinação dos negócios.

A Aliansce agendou sua assembleia geral extraordinária para o dia 8 de junho, enquanto a brMalls ainda não informou a data.

Caso seja aprovado em assembleia de acionistas, a brMalls se tornará uma subsidiária integral da Aliansce e, assim, as ações de sua emissão deixarão de ser negociadas no Novo Mercado da B3.

Em quais ações investir?

No setor, a nossa preferência são para as ações da Multiplan (MULT3), que está em nossa carteira mensal SuperPag deste mês de maio.

As ações da companhia estão apresentando elevação de 38,8% no acumulado desse ano e nos últimos 12 meses a alta é de 5,58%, pegando como base o preço de 17 de maio, cotado a R$ 25,55.