PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Ações da Petrobras devem sofrer por fala de Bolsonaro, dizem analistas

Exclusivo para assinantes UOL

Camila Mendonça e Karin Salomão

Do UOL, em São Paulo

19/02/2021 13h21

As ações da Petrobras iniciaram com forte queda na Bolsa de Valores (B3) depois das declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre os reajustes de preços dos combustíveis. Em live que faz toda quinta-feira, o presidente disse que "alguma coisa vai acontecer na Petrobras nos próximos dias".

Analistas ouvidos pelo UOL veem risco com a fala do presidente e sua postura em relação à empresa nas últimas semanas. No início de fevereiro, a Petrobras anunciou aumento nos preços dos combustíveis nas refinarias da empresa. O aumento veio após fala do presidente de que isso aconteceria e acendeu um alerta ao mercado sobre possível interferência do governo na companhia.

Pressionado pelos caminhoneiros, o presidente criticou os reajustes feitos pela Petrobras e anunciou ontem (18) que a partir do dia 1º de março vai zerar os impostos federais sobre o diesel por dois meses e sobre o gás de cozinha por tempo indeterminado. "Tem de mudar alguma coisa. Vai acontecer", disse.

Para os analistas, a fala do presidente não é um bom sinal. Nem para a Petrobras e nem para outras estatais. Veja a análise.