IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

Onde investir: corretora recomenda ações baratas que tendem a se valorizar

Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo
Imagem: Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo

Lílian Cunha

Colaboração para o UOL, em São Paulo

16/05/2022 12h54

Quais ações têm maior potencial para render mais no curto e médio prazo? Foi para o investidor que pensa assim que a Ativa Investimentos montou uma carteira para o mês de maio com cinco recomendações.

Na semana passada, a carteira ficou acima do Ibovespa. Enquanto o principal índice da Bolsa de Valores brasileira (B3) com rentabilidade de 1,70%, a da seleção da corretora foi de 4,02%.

Para esta semana, a Ativa retirou de carteira a processadora de carnes BRF - Brasil Foods (BRFS3) para incluir o banco Santander (SANB11). Foi mantida outra processadora de carnes, a Marfrig (MRFG3), e também ficaram no conjunto a empresa de açúcar e álcool Cosan (CSAN3), a mineradora Vale (VALE3) e a varejista Lojas Renner (LREN3).

Veja mais detalhes abaixo de por que a Ativa escolheu cada uma dessas empresas e suas respectivas ações.

Marfrig (MRFG3)

No setor de carnes, a Marfrig (MRFG3) é uma boa escolha, segundo a Ativa, porque seguiu um forte movimento de baixa no início da semana. E pode retornar a faixa de R$ 18,15 no curto prazo, sendo que o papel iniciou o movimento de baixa em R$ 22.

Cosan (CSAN3)

Para Cosan (CSAN3), a justificativa da Ativa é que a ação ficou em baixa por seis semanas consecutivas. Agora o papel poderá retornar para as faixas de topo no curto prazo, com preço-alvo em R$ 20,70.

Santander (SANB11)

Santander (SANB11) é um papel que segue em cenário lateral, ficando levemente no negativo na semana, atrás dos concorrentes.

É uma ação barata que pode retornar em breve às faixas de máxima, podendo chegar em R$ 34,70.

Vale (VALE3)

Vale (VALE3) trabalhou durante a semana em forte baixa por conta da desvalorização de curto prazo do minério de ferro. A Ativa acredita que o papel pode agora retornar à faixa de R$ 85 para o curto prazo.

Lojas Renner (LREN3)

Lojas Renner (LREN3) trabalhou em alta durante toda semana, após uma reversão na semana anterior. Mas seu alvo é R$ 29,85.

Este material não é um relatório de análise, recomendação de investimento ou oferta de valor mobiliário. Este conteúdo é de responsabilidade do corpo jornalístico do UOL Economia, que possui liberdade editorial. Quaisquer opiniões de especialistas credenciados eventualmente utilizadas como amparo à matéria refletem exclusivamente as opiniões pessoais desses especialistas e foram elaboradas de forma independente do Universo Online S.A.. Este material tem objetivo informativo e não tem a finalidade de assegurar a existência de garantia de resultados futuros ou a isenção de riscos. Os produtos de investimentos mencionados podem não ser adequados para todos os perfis de investidores, sendo importante o preenchimento do questionário de suitability para identificação de produtos adequados ao seu perfil, bem como a consulta de especialistas de confiança antes de qualquer investimento. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura e não está isenta de tributação. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, a depender de condições de mercado, podendo resultar em perdas. O Universo Online S.A. se exime de toda e qualquer responsabilidade por eventuais prejuízos que venham a decorrer da utilização deste material.