PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Esta ação pode valorizar quase 80% com Nike e moda esportiva, diz banco

só para assinantes

Lílian Cunha

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/06/2022 15h48Atualizada em 28/06/2022 15h48

Desde que abriu o capital, em 2019, as ações do Grupo SBF (SBFG3), já valorizaram 55,1%. O grupo é dono da rede de lojas Centauro, da Fisia, que é a distribuidora oficial da Nike no Brasil, e da NWB (que concentra os canais digitais Desimpedidos, Acelerados e Falcão 12).

Mas os últimos tempos não têm sido bons para empresa. O ativo perdeu quase tudo que ganhou (49%) nos últimos 12 meses. Hoje, por volta das 15h, a ação era negociada no vermelho, caindo 6,23%, a R$ 18,83. Mesmo assim, o Goldman Sachs acredita no potencial de crescimento da companhia e estima uma valorização do papel em 79% para os próximos 12 meses.

Faturamento dobrado

Com um plano para construir cinco lojas Nike em 2022, a empresa divulgou que mais 50 delas poderiam ser abertas no Brasil, especialmente considerando-se que atualmente existem 20 lojas Nike na Argentina.

Essas lojas têm maior foco no sortimento de produtos da linha feminina, em um modelo semelhante às lojas Nike Rise - que se apresenta como um mistura entre o digital e o físico. Outro ponto forte é a moda esportiva casual, que ganhou muito espaço durante a quarentena, quando os trabalhadores em home office buscaram roupas mais confortáveis.

A Fisia também espera acelerar as vendas no canal digital, principalmente com o lançamento do aplicativo da Nike no Brasil. Hoje, as vendas por aplicativo são 50% da receita digital da Centauro. A marca Nike, segundo a empresa, é 1,2 vez maior que sua concorrente mais próxima no Brasil.

"A administração adotou um tom otimista em suas perspectivas para os próximos anos, com a expectativa de que o plano de expansão orgânica possa levar o faturamento a crescer cerca de duas vezes e o lucro líquido quatro vezes nos próximos quatro anos, o que está amplamente alinhado com nossas expectativas", publicou o banco americano, após reunião com investidores organizada pela empresa esta semana. Foi o primeiro "Investor Day" desde a entrada da Centauro na Bolsa.E o que outras empresas dizem sobre a ação?

O BTG também participou do "Investor Day" e recomenda compra, com preço alvo de R$ 34.

"A SBF também comentou os planos para diversificar seu portfólio de produtos, aumentando a exposição a diferentes esportes (quatro categorias esportivas atualmente representam 80% das vendas) e novas categorias (por exemplo, casual e vestuário feminino)", publicou o BTG, após o encontro.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.