Sorvete de baixa caloria com Stevia conquista fãs pelo Instagram nos EUA

Polly Mosendz

  • Divulgação

(Bloomberg) -- Para fazer uma trilha no Parque Nacional de Big Bend, no Texas, o fotógrafo profissional Jay Kazen levou todos os itens necessários. Barraca. Saco de dormir. Canon 5DS. Quatro potes de sorvete Halo Top.

Desde que Kazen, 27, descobriu essa delícia com poucas calorias e muita proteína, ele raramente passa um dia sem consumir um pouco desse sorvete. Ele enterrou os potes no fundo de um cooler repleto de gelo seco para sobreviver à peregrinação pelo parque nacional de quase 323.750 hectares. "Estou meio viciado", disse ele.

Kazen publicou no Instagram várias fotos dele comendo Halo Top no remoto lugar, entre outras incríveis das paisagens do deserto. De tão bonitas, as fotos pareciam uma propaganda. A publicação conquistou mais de mil curtidas --inclusive da própria marca. "Isso é muito legal", disse ele sobre a resposta da companhia.

Essa reação não foi casual. Nos bastidores da Halo Top Creamery, mais de uma dúzia de funcionários de comunicação e marketing criam novos conteúdos digitais, desenvolvem a voz da marca e respondem a centenas de publicações sobre sorvete nas redes sociais todos os dias. "Nossa filosofia é responder a qualquer um e a todo mundo que faz uma publicação sobre a gente", disse Ryan Bouton, diretor de comunicações da companhia.

Com mais de 700 milhões de usuários, o Instagram se tornou uma plataforma para buscar qualquer coisa, de espartilhos a laxantes. Embora muitas marcas paguem influenciadores para fazer propaganda de seus produtos, a Halo Top afirma que nunca pagou por uma publicação.

No entanto, a hashtag "Halo Top" já foi usada quase 100 mil vezes, e a conta da companhia tem quase 400 mil seguidores. Até pouco tempo atrás, a empresa não tinha gastado nem um centavo em publicidade --só alguns anúncios digitais direcionados em redes sociais.

Sorvete com Stevia

Desde que chegou às prateleiras em 2012, a Halo Top, com sede em Los Angeles, explodiu em popularidade. As vendas aumentaram 2.500% só no ano passado, para cerca de 17 milhões de potes de uma pinta (aproximadamente 0,665 litros). Em comparação, a Ben & Jerry's vendeu mais de 150 milhões de pintas, de acordo com uma porta-voz da Ben & Jerry's, citando dados coletados pela Nielsen no ano passado.

Com gosto de sorvete, mas cerca de 300 calorias por pinta, essa delícia causa relativamente pouca culpa e é feita com eritritol, um álcool de açúcar sem caloria, Stevia, proteína do leite, fibra vegetal e claras de ovo.

A maior parte do crescimento da marca deve-se à publicidade boca a boca, particularmente entre usuários do Instagram em comunidades de atividades físicas e perda de peso. Eles comparam notas nos sabores, pressionam supermercados para que vendam o produto e compartilham dicas sobre onde encontrar a delícia, que frequentemente está esgotada.

Pode ser difícil encontrar os produtos nos mercados, e caçá-lo é parte do apelo. Até mesmo a Whole Foods na movimentada Union Square de Nova York tinha no estoque apenas meia dúzia dos 17 sabores da companhia em uma visita recente. Torta de limão e cereja preta são os sabores mais difíceis de encontrar, informou a companhia.

O fundador da Halo Top, Justin Woolverton, insiste em que não se trata de uma jogada de marketing. Ele diz que as lojas simplesmente não esperavam que os consumidores comprassem tantos potes de uma vez e, até pouco tempo atrás, o sorvete não era vendido por supermercados do país inteiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos