Bolsas

Câmbio

Vários sindicatos italianos protestam com greves contra governo de Renzi

Roma, 21 out (EFE).- Vários sindicatos italianos protestam nesta sexta-feira com uma convocação de greve que ameaça perturbar o transporte público em todo o país e que pode afetar também serviços de saúde, educação, ministérios e universidades.

A greve foi convocada pelos sindicatos Usb, Unicobas, Si Cobas, Adl e Cub Trasporto Lazio, entre outros, com um apelo à greve "geral" contra "as políticas econômicas do governo de (Matteo) Renzi ditadas pela União Europeia".

Em comunicado dos convocantes, se diz que o movimento de greve pretende, além disso, defender o "não" ao referendo sobre a reforma constitucional convocado para o próximo dia 4 de dezembro pelo Executivo.

Os meios de transporte públicos sofrem as consequências das interrupções desde o começo de hoje, em diferentes faixas de horário de acordo com as cidades.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos