Bolsas

Câmbio

Começa ampliação do campo de petróleo de Tengiz no Cazaquistão

Atyrau (Cazaquistão), 6 nov (EFE).- O consórcio TengizChevroil (TCO), liderado pela americana Chevron, iniciou a ampliação do campo petrolífero de Tengiz, que representa o maior investimento desde 2014 no setor e avaliado em US$ 37 bilhões.

"Este é um projeto grandioso. A área de construção será de 1,2 quilômetro de largura e 1,5 quilômetro de comprimento", explicou o gerente geral do TCO, Rzabek Artygaliyev, à imprensa durante uma visita às instalações.

Tengiz já representa mais de um terço da produção de petróleo do Cazaquistão, e a ampliação, chamada de Projeto de Crescimento Futuro (PCF) e aprovada em julho passado, aumentará a atual produção diária de 590 mil barris para 850 mil barris em 2022.

O consórcio liderado pela Chevron inclui Exxon Mobil, Lukoil e KazMunayGas.

Para fazer as fundações do PCF, foram transportados mais de 23 mil pilotis de cimento desde Atyrau e Almaty, no sul do país, enquanto seu equipamento principal será produzido no Cazaquistão, Coreia do Sul e Itália.

A expansão inclui a construção de um novo espaço chamado Orken, uma cidade completa dentro das instalações com imóveis residenciais, restaurantes, cinemas, quadras de esportes e piscinas.

"Estamos construindo as passagens fechadas entre os prédios de Orken para que as pessoas possam se movimentar confortavelmente durante o inverno e quando estiver ventando", explicou o executivo do TCO, que também disse que esse recinto vai abrigar 5.000 pessoas e sua construção terminará em dois anos.

Artygaliyev afirmou que o PCF gerará lucros econômicos significativos para o Cazaquistão incluindo a criação de uns 20.000 postos de trabalho.

O petróleo, agora com preços em baixa, é essencial na economia cazaque, já que representa para o país centro-asiático cerca da metade de sua receita estatal.

As autoridades do país esperam que a ampliação de Tengiz e o recente relançamento do campo de petróleo de Kashagan, também no mar Cáspio, impulsionem a produção petrolífera para mais de dois milhões de barris diários e proporcionem uma fonte de receita vital para o futuro crescimento sustentável do Cazaquistão.

O ministro da Energia cazaque, Kanat Bozumbayev, considerou em julho passado que a aprovação desse investimento por parte do consórcio era um sinal da crescente reputação do país centro-asiático como um local seguro para investir no longo prazo. EFE

kk/ma

(foto)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos